IMBRÓGLIOS NAS DUAS PRINCIPAIS CHAPAS MAJORITÁRIAs (I)

Na chapa governista, 14 deputados filiados ao Republicanos, presidido no Estado pelo governador Wanderlei Barbosa, apoiam a candidatura ao Senado da deputada federal Dorinha Seabra. Enquanto isso, a senadora Kátia Abreu, candidata à reeleição, dá declaração, em Gurupi, de apoio à reeleição de Wanderlei Barbosa ao mesmo tempo em que seu filho, o também senador Irajá Abreu, afirma não ter decidido, ainda, quem irá apoiar para o governo.

Por outro lado, a deputada federal Dorinha Seabra, candidata ao Senado com apoio do senador Eduardo Gomes, que comanda a campanha pela eleição de Ronaldo Dimas, ex-prefeito de Araguaína ao governo, até hoje não se pronunciou sobre quem será seu candidato a governador, deixando para fazê-lo, só após as convenções partidárias.

Tá confuso!

 

IMBRÓGLIOS NAS DUAS PRINCIPAIS CHAPAS MAJORITÁRIAS (II)

Diante desses imbróglios, que só servem para confundir a cabeça dos eleitores, o governador Wanderlei Barbosa continua “elétrico”, fazendo uma maratona de viagens governamentais, assinando ordens de serviço, transferindo dois milhões de reais para cada município utilizar em obras estruturais de acordo com cada gestão, reformando e ampliando colégios e colocando máquinas na pista para a recuperação da malha viária estadual.

Alheio à acomodação de forças em seu grupo político, Wanderlei já chegou a declarar que a questão entre Kátia Abreu e os deputados estaduais deve ser resolvida entre eles, dedicando-se, totalmente em cumprir seu papel de gestor, deixando a campanha pela reeleição para depois.

Tá certo, o Wanderlei!

 

PTB PODE IMPLODIR

A disputa pelo comando do PTB no Tocantins pode “fazer água” e as confusões e existentes, hoje, entre um ex-presidente estadual sem voto, sem convivência política e social no Tocantins, outros dois políticos com mandato de vereador em Palmas e outro ex-vereador, que possuem representatividade política, podem levar a um impasse perigoso.

O grupo liderado pelos que têm representatividade política defende uma composição com o grupo palaciano, pela reeleição de Wanderlei Barbosa.  Já o ex-presidente do partido, aquele sem representatividade política, que compor com a candidatura de Ronaldo Dimas ao governo.

Essa situação gera dois riscos: o PTB pode ficar sem um comando forte e, também, pode acabar sem apoiar nenhum dos dois candidatos aventados pelas vertentes que se digladiam...

O tempo dirá.

 

EDUARDO GOMES NO BICO

O senador Eduardo Gomes estará, na próxima quinta-feira, na Região do Bico do papagaio, onde permanece até o domingo.  Em pauta, inaugurações de obras feitas com recursos que ele carreou junto ao governo federal e assinatura de ordens de serviço de pavimentação asfáltica, via Codevasf.

Gomes, líder do governo Jair Bolsonaro no Congresso Nacional, vem ao Tocantins acompanhado do ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, e pode anunciar ainda mais recursos para os municípios do Bico do Papagaio.

 

GOVERNADOR WANDERLEI BARBOSA ASSUSTA OPOSIÇÃO

Membros da elite da oposição ao Palácio Araguaia estão assustados com o volume de ordens de serviço que vem sendo assinadas pelo governador Wanderlei Barbosa.  99,99% dos oposicionistas estão apostando que não há dinheiro em caixa para concretizar as obras, mas a preocupação com os reflexos positivos do simples anúncio delas, é real.

O andamento das obras e atuação das empresas responsáveis dirá se há ou não fluxo de caixa nos cofres do Estado, capaz de manter tudo em dia.

O tempo dirá.

 

PESQUISAS EM O PARALELO13

A Família O Paralelo 13 está em negociações adiantadas com duas empresas de pesquisas eleitorais com know how nacional, para iniciar os trabalhos após as convenções partidárias, quando todos os candidatos estiverem nominados e colocados dentro de suas composições políticas.

Os levantamentos serão todos homologados pelo TRE – TO, e a primeira rodada está prevista para a primeira quinzena de agosto.

Aguardem!

 

SENADOR IRAJÁ COM AS BASES

O senador Irajá Abreu, presidente estadual do PSD, está intensificando suas consultas às bases, junto a prefeitos e vereadores do seu grupo político, além dos candidatos a deputado federal ou estadual que comporão a chapa proporcional do grupo.

A intenção é a tomada de decisão sobre qual candidatura ao governo apoiar em dois de outubro.

Político de poucas palavras e muito discreto, Irajá é muito elogiado pelos pares, sendo considerado um cumpridor de palavra e de pactos, transformando sua decisão quanto a qual candidato ao governo apoiar, muito importante para esse candidato.

As reuniões com as bases servem para que Irajá colha subsídios, na Capital e no interior, para que tome uma decisão que agrade a todos do seu grupo.

 

GILMAR MENDES COM COVID

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes testou positivo para a covid-19 neste domingo, dia 26, em Portugal. Essa foi a primeira vez que o ministro recebeu o diagnóstico da doença. O ministro passa bem.

O ministro, de 66 anos, está com todas as doses de vacina em dia e que não precisou de hospitalização.

Ele descobriu a covid-19 durante um teste de rotina antes de um evento que participaria presencialmente, ao lado de outras autoridades brasileiras, na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Com sintomas gripais leves, Gilmar Mendes vai manter a participação, de forma remota, no 10º Fórum Jurídico de Lisboa, vinculado ao IDP (Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa), do qual é sócio. O ministro participará nesta segunda-feira, dia 27, da abertura do evento.

 

PACHECO DIZ QUE URNAS SERÃO RESPEITADAS

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), fez uma defesa enfática do processo eleitoral brasileiro e afirmou que o resultado das urnas será respeitado "pelas instituições e pela sociedade". As declarações do senador - que é também o presidente do Congresso Nacional - foram dadas em Lisboa, após participar da Conferência Brasil e Portugal - Perspectivas de Futuro. Ao ser questionado se o presidente Jair Bolsonaro poderia tentar uma ruptura institucional caso seja derrotado na disputa presidencial, Pacheco afirmou que "não há hipótese de retrocesso".

Pouco antes, ao defender a democracia como "conquista da sociedade brasileira", Pacheco afirmou que "qualquer mínimo arroubo, qualquer bravata contra o estado democrático de direito, merecerá da presidência do Senado e dos senadores pronta reação, porque é inadmissível se pensar em algo diferente de democracia no País".

 

CAMPANHA MAIS CURTA

A pouco mais de três meses do 1º turno das eleições de 2022, partidos e pré-candidatos se articulam para a eleição presidencial mais curta desde 1994. Neste ano, a campanha eleitoral será feita entre 16 de agosto e 1º de outubro, um período de 46 dias de ações nas ruas e internet.

 O ano com intervalo mais curto até então ocorreu na última eleição, em 2018, com 50 dias liberados para distribuição de santinhos, pedidos de votos e eventos oficiais das campanhas. Com mudança na lei eleitoral, o intervalo foi reduzido e criada a pré-campanha – quando os políticos podem se chamar de pré-candidatos e debaterem, mas sem pedir explicitamente voto ou apoio.

Antes da mudança na lei, os partidos e candidatos tinham período maior para apresentarem seus projetos aos eleitores, com o mínimo de 85 dias para a eleição à Presidência (o que ocorreu em 2006, na reeleição de Lula). A média entre 1994 e 2014 era de 90 dias com as campanhas nas ruas -- inclui também os materiais veiculados em rádio e TV.

 

BANCO DO BRASIL LIDERA FINANCIAMENTOS A PRODUTORES RURAIS

O Banco do Brasil (BB) é o principal financiador da agricultura e pecuária nacionais, respondendo por mais de 50% do crédito rural do sistema financeiro. O volume da carteira de crédito agro do banco chegou a R$ 254,6 bilhões no primeiro trimestre de 2022, um crescimento de 28% em relação ao mesmo período da safra anterior. O presidente do BB, Fausto de Andrade Ribeiro, falou sobre este e outros assuntos em entrevista ao programa Brasil em Pauta, neste domingo (26), na TV Brasil.

“Nós tínhamos uma expectativa de uma carteira em torno de R$ 250 bilhões até o final da safra, nós já superamos esse valor: está em R$ 254 bilhões, posição em março, e crescendo. A posição até junho provavelmente deve ser um pouco maior do que isso. Em relação à safra 21/22, a programação inicial era de R$ 145 bilhões, dos quais praticamente todo esse valor já foi empregado na safra agrícola 21/22 por parte do Banco do Brasil”, disse Ribeiro.

 

Posted On Segunda, 27 Junho 2022 12:24 Escrito por

DESCULPAS A FOLHA

 

Abrimos esta coluna com um sincero pedido de desculpas ao vereador Folha Filho. Esta coluna veiculou uma nota em que citava o vereador como candidato a deputado federal pelo PTB.

Erramos!  Além de não ser candidato a deputado federal, Folha Filho é filiado ao PSDB da Capital.

Nossas desculpas ao nobre vereador!

 

PAI DOS POBRES, JANTAR DE MILHÕES

Um grupo formado por empresários, e também advogados, foi convidado para um jantar com o pré-candidato Lula (PT) nesse domingo, 26, em São Paulo, informa a coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

O evento é um agradecimento do Partido dos Trabalhadores após uma generosa doação de mais de R$ 2 milhões para a legenda.

O ex-governador de São Paulo e pré-candidato a vice, Geraldo Alckmin (PSB), também deve marcar presença no jantar.

Segundo a coluna, as contribuições vieram de mais de 100 pessoas, que doaram entre R$ 3 mil a até R$ 20 mil, sendo que a maioria contribuiu com valores altos.

Cotado para ser o tesoureiro da campanha de Lula na corrida eleitoral, o deputado Márcio Macedo (PT-SE) disse ao jornal que os recursos vieram de militantes e amigos do PT como pessoas físicas, que os valores irão para a sigla, não para a campanha de Lula.

 

BIVAR DIZ QUE MULHERES NÃO TÊM INTERESSE POR POLÍTICA

O pré-candidato à presidência pelo União Brasil, Luciano Bivar, em entrevista ao Jornal da CBN, classificou as leis do país como um manicômio tributário. Ele defendeu uma reforma que unifique e reduza os 11 impostos federais em apenas uma taxação com alíquota inferior. Bivar destacou a importância da simplificação tributária como forma de diminuir a fome e a miséria da população brasileira.

Luciano Bivar afirmou que a maioria das mulheres não tem tanto interesse pela política quanto os homens. Ele negou que haja menos oportunidades para elas na política brasileira e disse que as cúpulas dos partidos precisam garimpar no mercado mulheres.

'Quando elas têm interesse, elas se superam, são melhores do que os homens’. Ele acrescenta que isso 'é uma verdade factual’.

 

BOLSONARO COMEMORA ESTABILIDADE EM PESQUISA

Depois de ficar estável na mais recente pesquisa Datafolha, sem perder votos mesmo depois de várias agendas negativas nas últimas semanas, o presidente Jair Bolsonaro aposta no pacote de bondades que vai tentar aprovar na próxima semana para voltar a crescer nas pesquisas.

De um lado Bolsonaro, não caiu nas intenções de votos, mesmo depois da repercussão negativa para o presidente do assassinato do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips, aumento do diesel e da gasolina e prisão do ex-ministro Milton Ribeiro, o que fez o governo respirar aliviado.

O comitê de reeleição temia uma queda na pesquisa. Segundo um integrante do comitê, o pior foi evitado, sinalizando que os bolsonaristas não abandonam o presidente.

 

PACOTE DE BONDADES PARA SUBIR

 

A avaliação do comitê da reeleição é que o presidente precisa voltar a subir nas pesquisas para ter chances de ganhar a eleição. Na avaliação de um integrante do comitê, o presidente precisa reconquistar votos do eleitorado de centro, que perdeu durante seu governo.

Por isso, depois de muita pressão de aliados por medidas positivas para ajudar na reeleição de Bolsonaro, a equipe econômica fechou um acordo com a ala política do governo. Topou subir o valor do Auxílio Brasil para R$ 600 (gasto extra de R$ 20 bilhões) até o final do ano; pagar o auxílio gás mensalmente (gasto extra de R$ 2 bilhões); e criar um "voucher" para caminhoneiro de R$ 1.000 (R$ 5 bilhões).

 

GOVERNO GARANTE TRATAMENTO A AUTISTAS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou que os planos de saúde garantam cobertura para qualquer tratamento nacionalmente reconhecido e considerado adequado por médicos, nos casos de pacientes com transtornos do espectro autista (TEA) e outros transtornos globais do desenvolvimento (CID F84).

A decisão foi tomada em reunião da diretoria da agência ontem (23). Devido a processos e decisões judiciais recentes, a ANS decidiu explicitar a questão, com a inclusão do seguinte texto em uma nova resolução normativa (539/2022):

“Para a cobertura dos procedimentos que envolvam o tratamento/manejo dos beneficiários portadores de transtornos globais do desenvolvimento, incluindo o transtorno do espectro autista, a operadora deverá oferecer atendimento por prestador apto a executar o método ou técnica indicados pelo médico assistente para tratar a doença ou agravo do paciente”.

 

CONFIANÇA DO CONSUMIDOR AUMENTA

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), registrou alta de 3,5 pontos em junho deste ano na comparação com o mês anterior. O crescimento do indicador veio depois de uma queda de 3,1 pontos de abril para maio.

Com o resultado, o ICC atingiu 79 pontos, em uma escala de 0 a 200 pontos, o melhor resultado desde agosto do ano passado (81,8 pontos).

O Índice de Situação Atual (ISA), que mede a percepção do consumidor brasileiro no presente, subiu 1,3 ponto e chegou a 70,4 pontos, melhor resultado desde julho de 2021 (70,9 pontos). Já o Índice de Expectativas (IE), que mede a confiança no futuro, cresceu 4,9 pontos e atingiu 85,9 pontos, ficando ainda abaixo de abril (86,1 pontos).

 

SAI NOVA PARCELA DO AUXÍLIO BRASIL

A Caixa Econômica Federal paga hoje (24) a parcela de junho do Auxílio Brasil aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) com final 6. O valor mínimo do benefício é de R$ 400. As datas seguem o modelo do Bolsa Família, que pagava os beneficiários nos dez últimos dias úteis do mês.

O beneficiário poderá consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e o aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

Atualmente, 17,5 milhões de famílias são atendidas pelo programa. No início do ano, três milhões de famílias foram incluídas no Auxílio Brasil.

 

CALHEIROS, O “IMORTAL”, SEMEIA DISCÓRDIA NO MDB

Após a divulgação da pesquisa Datafolha na quinta-feira, 23, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) foi às redes sociais manifestar apoio à pré-candidatura do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e defender "união pela democracia". O parlamentar, que sempre foi próximo do petista, criticou quem insiste em "forçar a barra com pretensões irreais".

Como mostrou o jornal O Estado de S. Paulo, a disputa entre Lula e Tebet evidencia uma divisão antiga no MDB. A corrente do partido que defende o projeto petista é encabeçada por Calheiros, que sugere abertamente que a legenda apoie o presidenciável de esquerda no primeiro turno e já deu diversas declarações contrárias à pré-candidatura da senadora.

 

LIBERDADE “PRESA” AO SENADO

 

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid, sempre frequentou os holofotes do noticiário nacional após acumular mais de 25 processos no Supremo no Tribunal Federal (STF) em sua carreira política marcada por altos e baixos.

Em sua trajetória de 26 anos no Senado Federal, Calheiros acumulou desde inquéritos por crimes contra a honra até os conhecidos inquéritos por corrupção nas operações Lava Jato, Zelotes e no âmbito da Postalis, o instituto de previdência dos Correios.

Réu desde 2019 no âmbito da Lava Jato, Calheiros chegou a ser réu em outra ocasião, em 2016, quando o STF acolheu denúncia por peculato em um inquérito que ficou conhecido como "Renangate". O senador foi acusado de receber ajuda financeira de lobistas ligados a construtoras, que teriam pago despesas pessoais, como o aluguel de um apartamento e a pensão alimentícia de uma filha com a jornalista mineira Mônica Veloso.

Os detratores afirmam que Calheiros necessitar estar senador para se manter fora da prisão. “é um liberto, preso ao Senado”, afirmou um colega de Senado.

 

ADEUS A ERNANE GALVÊAS

Morreu na última quinta-feira, aos 99 anos, no Hospital Samaritano, em Botafogo, zona sul do Rio, o economista e ex-ministro da Fazenda Ernane Galvêas. Funcionário de carreira do Banco do Brasil, Galvêas assumiu vários cargos no governo federal, entre eles, a presidência do Banco Central, nos governos Costa e Silva e Médici. O economista no início da semana se submeteu a uma cirurgia na garganta.

Depois de um período na iniciativa privada, no governo João Figueiredo (1979-1985) Galvêas retornou à presidência do Banco Central por um breve período (agosto de 1979 a janeiro de 1980), assumindo em seguida o Ministério da Fazenda.

Ao lado de Delfim Netto, então ministro-chefe da Secretaria de Planejamento (Seplan), passou a comandar a equipe econômica do governo. Sua chegada ao ministério ocorreu durante a segunda crise do petróleo (1979-1980), momento em que o governo buscava combater a inflação, equilibrar o balanço de pagamentos, reduzir a dependência de energia importada e, sobretudo, conceber uma estratégia que possibilitasse o ajustamento da economia brasileira a uma nova realidade econômica internacional.

 

 

Posted On Sexta, 24 Junho 2022 13:32 Escrito por

PTB TOCANTINENSE FECHA COM RONALDO DIMAS

 

REVIRAVOLTA I

O presidente do PTB Nacional, Kássyo Ramos, (foto) esteve nessa quinta-feira, 23, em Palmas. Almoçou com o governadoriável Ronaldo Dimas em sua residência e, logo em seguida, o presidente regional do partido,  Diogo Fernandes, foi chamado e comunicado que o PTB no Tocantins ficará com a candidatura de Dimas para governador.

 

REVIRAVOLTA II

Tanto o vereador Diogo Fernandes e como seu colega Folha, também do PTB, ai na foto acima, estavam em pré-campanha para deputados federal e estadual, respectivamente, apoiando a candidatura do governador Wanderlei Barbosa. Essa decisão deixa os dois vereadores palmenses, politicamente falando, "nu com as mãos no bolso", em que pese a declaração do presidente nacional de que o partido dará apoio total às chapas proporcionais.

 

MISSÕES DE JAIRO MARIANO

Prestes a deixar a Secretaria de Governo, o coordenador da candidatura do governador Wanderlei Barbosa à reeleição, Jairo Mariano terá duas grandes agendas a cumprir, uma oficial e outra política. As duas terão que funcionar de forma harmoniosa, sem atropelos, lembrando que o sucesso de uma depende da outra. Dentre os desafios que Jairo terá de enfrentar está o de não deixar o governador ser refém de ninguém. Jairo Mariano só terá sucesso se tiver o comando político e administrativo, ele que é cumpridor dos compromissos assumidos. Fica a dica.

 

DORINHA EM PIUM E REGIÃO

A madrinha da Educação, deputada federal Professora Dorinha leva boas notícias ä cidade de Pium e região, sempre ouvindo as lideranças,  prefeitos e vereadores. Considerada a madrinha da Educação no Estado e no Congresso Nacional, Professora Dorinha é pré- candidata a senadora. Em suas viagens de trabalho faz questão de ouvir os pais de alunos da rede escolar pública, para agir em favor da educação, oxigenando financeiramente os cofres dos municípios e da Secretaria de Estado da Educação.

 

REGIÃO CENTRO OESTE PODE ELEGER LUCIANO OLIVEIRA DEPUTADO ESTADUAL

Ex-prefeito de Goianorte, Luciano Oliveira (PSD) vem construindo um grupo de apoio com jovens empresários,  vereadores, ex-prefeitos, lideranças femininas e classistas para, juntos, traçarem uma linha de atuação na Assembleia Legislativa a partir de 2023 como deputado estadual. Luciano tem apoio declarado em 45 municípios, com previsão de obter de 15 a 17 mil e 500 votos, co reais chances de eleger nas eleições de 02 de outubro em uma chapa que não tem nenhum deputado com mandato concorrendo à reeleição.

 

MAIS DE 40% NÃO TEM CANDIDATOS  DEFINIDOS

As pesquisas eleitorais para consumo interno às quais o OBSERVATÓRIO POLITICO de O PARALELO 13 teve a acesso, uma delas saída do forno na última terça-feira, 21, mostram que acima de 40% dos eleitores ainda não definiram candidatos a governador e a senador..Portanto, há um espaço muito grande a ser ocupado pelos candidatos. Isso deverá acontecer após as convenções partidárias e o início do horário gratuito na televisão e no rádio e maior intensidade da campanha eleitoral.

 

SEGUNDO TURNO SERÁ INEVITAVEL

Dos atuais pré-candidatos  a governador no dia dois de outubro, pelo menos três têm condições de disputar as duas vagas que definirão o ocupante do Palácio Araguaia no segundo turno. Não se pode descartar a junção de duas das atuais candidaturas. Articulações nesse sentido estão em pleno vapor.

 

LIDERES NÚS

 

O processo eleitoral este ano deixou nuas as lideranças no interior, com a normatização da Federação Partidária. Com isso, o candidato a senador não pode ser candidato "nem de Deus, nem do diabo". Precisa definir um lado e ponto. A normatização dificultou a transferência de votos para candidatos que não sejam da federação partidária, ou seja, não pode ter candidato avulso. Além disso, impede que lideranças formem alianças extra partido, pois os liderados podem não seguir suas orientações.

 

GOVERNADOR WANDERLEI BARBOSA ELETRIZANTE

O governador Wanderley Barbosa está em ritmo verdadeiramente eletrizante nos últimos dias. Ele está fazendo um giro por todo o Estado, levando boas notícias, assinando ordens de serviços e, simultaneamente, máquinas para funcionar e homens com as mãos nas obras. O governador está aplicando mais de 700 milhões de reais na recuperação das rodovias pavimentadas do Estado, demonstrando do que é capaz de fato.

 

SENADOR IRAJÁ ABREU ARTICULA COM PREFEITOS, VEREADORES E LÍDERES

Sempre discreto, o senador Irajá Abreu tem intensificado pessoalmente uma grande articulação política, visitando lideranças  no interior e no seu escritório em Palmas. Irajá não  deve disputar o Governo do Estado nas próximas eleições, mas, sem sombra de dúvidas, articula para montar uma frente de líderes e candidatos que tenham chances reais de definir as eleição majoritária no segundo turno. Novidades estão por vir em breve.

 

ELEIÇÃO NA CÂMARA MUNICIPAL DE PALMAS

A eleição para mesa diretora da Câmara Municipal de Palmas na próxima quarta-feira, 29, vai testar a força da prefeita Cinthia Ribeiro junto aos vereadores. Ela declarou que seu candidato   a presidente do Legislativo da Capital é o vereador Folha. Mas o decano da Casa, Jucelino Rodrigues, com sete mandatos, não abre mão da disputa. A disputa será acirrada. Não existe favorito até o momento. É preciso aguardar para ver o resultado

 

PRESIDENTE DO PSD NACIONAL PODE SER SUPLENTE DE DATENA AO SENADO

O presidente do PSD Nacional, Gilberto Kassab, confirmou foi convidado para ser candidato a primeira suplente de senador na chapa do apresentador Datena, em São Paulo. O PSD também indicaria o vice- governador na chapa do bolsonarista Tarcísio Freitas. No Tocantins o PSD é presidido pelo senador Irajá Abreu.

 

Posted On Sexta, 24 Junho 2022 07:23 Escrito por

CONVENÇÃO DO REPUBLICANOS SERÁ DIA 5 DE AGOSTO

 

O Republicanos, segundo apurou o OBSERVATÓRIO POLITICO de O PARALELO 13, só realizará sua convenção no Estado no último prazo permitido pela Justiça Eleitoral,  ou seja, dia 5 de agosto. Até lá os nomes dos candidatos a vice-governador e ao Senado ficará guardado a sete chaves na mente do governador Wanderlei Barbosa. Quem estiver com pressa vai ter que pular fora da embarcação do Palácio Araguaia. Os deputados estaduais estão de acordo com essa posição de Wanderlei Barbosa.

 

FEDERAÇÃO PT, PV E PCdoB REUNEM-SE PARA DEFINIR COMISSÃO PROVISÓRIA NO TOCANTINS

 

A reunião ocorreu na manhã dessa segunda-feira, 20, no gabinete do deputado estadual e presidente do Partido dos Trabalhadores do Tocantins (PT-TO), Zé Roberto Lula. Na ocasião os membros do PT, PCdoB e PV, trataram sobre a criação da Comissão Provisória da Federação do Estado do Tocantins. Além da pauta principal para instalar a Comissão Provisória, foram debatidos também, assuntos como o alinhamento  para a construção de chapas para deputados estaduais e federais, de candidaturas majoritárias e sobre a eleição do pré-candidato à presidência do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva.

 

FEDERAÇÃO PT, PV e PCdoB NÃO TRATOU DE CANDIDATURA AO GOVERNO

 

Na reunião, que contou com as presenças dos presidentes tocantinenses do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), deputado estadual Ivory de Lira e Marcelo Lelis do Partido Verde (PV), não foi tratada a candidatura da Federação Partidária ao Governo do Estado. Estiveram presentes ainda o presidente municipal do PV em Palmas Antônio Bandeira, Diego Montelo, Secretário de Organização do PT-TO e Carlos Benevides, mais conhecido como Carlinhos, que é dirigente do PCdoB no Tocantins.

 

FOCO NAS CHAPAS PARA A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA E CÂMARA DOS DEPUTADOS

 

Segundo o deputado Zé Roberto Lula, presidente do PT, o encontro “foi um momento para tratar sobre prazos, para organizarmos sobre nossas chapas, pois a direção nacional está pedindo que até o dia 10 de julho nós já tenhamos nomes para indicar”.

 

PROCESSO DE CASSAÇAO DE JOSI NUNES NA PAUTA DO TRE

 

Está na pauta dessa terça-feira, 21, do Tribunal Regional Eleitoral - TRE um pedido de cassação do mandato da prefeita de Gurupi,  Josi Nunes. O pedido foi acatado em primeira instância e Josi recorreu ao TRE. A expectativa é que a vontade da maioria dos eleitores gurupiense, que elegeu Josi Nunes, seja respeitada. A justiça será feita, sem sombra de dúvidas.

 

SERÁ MAIS UMA TACA DE JOSI NOS SEUS ADVERSARIOS

 

Pelo andar da carruagem, baseado nos autos do processo, juristas experientes acreditam que,mais uma vez, Josi Nunes dará uma taca em seus adversários. Perderam nas urnas e vão perder de novo no tapetão.

Aguardemos...

 

EDUARDO GOMES EM GURUPI

 

O senador Eduardo Gomes esteve em Gurupi nessa segunda-feira, 20, onde participou da assinatura de ordens de serviços pela prefeita Josi Nunes. Mais de 50 milhões de reais, oriundos do Governo Federal, serão aplicados na cidade. Líder do Governo no Congresso Nacional e amigo de Gurupi, Eduardo Gomes é grande parceiro da gestão Josi Nunes.

 

GOVERNADOR WANDERLEI BARBOSA EM PORTO NACIONAL

O governador Wanderlei Barbosa, acompanhado do presidente da Assembleia,  deputado Antonio Andrade, de estaduais e do prefeito de Porto Nacional, Ronivon Maciel, autorizou o recapeamento do asfalto da TO 050 entre Porto Nacional e Santa Rosa. O governador visitou também as obras de reforma e expansão do Hospital Regional de Porto Nacional Dr Francisco Aires, com espaço para instalação de 10 Utis permanentes, que devem ser inauguradas até o próximo dia 15 de julho. Wanderlei confirmou também a pavimentação asfáltica do Parque Industrial de Porto Nacional, já com ordem de serviço e maquinários mobilizados.

Se com apenas sete meses está fazendo tudo isso, imaginem o que fará em quatro anos.

 

RENÚNCIA NA PETROBRÁS AGILIZA NOMEAÇÃO DE INDICADO DE BOLSONARO

 

Com a renúncia de José Mauro Coelho está aberto o caminho para nomeação de Caio Paes de Andrade, o indicado pelo presidente da República,  que agora depende apenas de aval do conselho de administração para assumir. O Governo pretende fazer a troca ainda esta semana, mas a reunião do Conselho Administrativo da Petrobrás ainda não foi marcada.

 

DEFESA INDICARÁ MILITARES PARA FISCALIZAR ELEIÇÕES

O ministro da Defesa, general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, enviou um novo ofício ao presidente do TSE, ministro Edson Fachin, no início da noite dessa segunda-feira (20), informando que a fiscalização da votação deve acontecer de forma conjunta pelas entidades fiscalizadoras, como prevê a resolução do TSE, e que vai indicar militares para a tarefa.

  

Posted On Terça, 21 Junho 2022 06:15 Escrito por

BOLSONARO LIDERA EM GOIÁS

Segundo o Instituto Paraná Pesquisas divulgou no sábado, 17, o presidente Jair Bolsonaro lidera as pesquisas de intenção de votos em Goiás com 42,4% contra 32,1% de Lula, em uma projeção do primeiro turno.

Os demais candidatos não chegam a dez pontos percentuais. Ciro Gomes (PDT) tem 6%; Simone Tebet (MDB) tem 1,6%, Pablo Marçal (Pros), 1,1%, Vera Lúcia (PSTU) tem 1%. André Janones (Avante), Luciano Bivar (União Brasil), Eymael (DC) e Felipe D’Ávila (Novo) registraram menos de 1%.

De acordo com a pesquisa, 50,9% aprovam o governo de Bolsonaro e 44,4% desaprovam.

 

EDUARDO FORTES CONSOLIDA CANDIDATURA A DEPUTADO ESTADUAL

O empresário e ex-vereador de Gurupi Eduardo Fortes fortalece cada vez mais sua pré candidatura a deputado estadual  no sul do Tocantins.   Além de forte atuação no Agronegócio, Fortes atua também em projetos assistenciais de apoio a famílias de baixa renda, com um projeto de hortas comunitárias, que leva segurança Alimentar e nutricional comunidades do Sul do Estado. Fortes participou na semana passada em Aliança do Tocantins dos projetos Sopão Solidário  e Criança Feliz, com apoio dos vereadores Selma, Tizil, Lelis e Vilmar.

 

CADÊ A TERCEIRA VIA?

A terceira está dividida nas eleições presidenciais. Até que Ciro Gomes tentou criar uma alternativa à polarização entre Bolsonaro e Lula. A senadora Simone Tebet, do MDB, tentou ocupar o espaço, mas a candidatura de Luciano Bivar pelo União Brasil tira de Simone Tebet a tarja de “representante da chamada terceira via”. Diante desse quadro de várias candidaturas, o MDB tende a seguir, em cada estado, o candidato a presidente que apresentar maior convergência aos seus projetos estaduais.

 

ESTADOS REFORÇAM  PRESSÃO CONTRA O TETO DE ICMS PARA COMBUSTÍVEIS

A abertura do 6º Congresso Luso-brasileiro de Auditores Fiscais terminou em mais um movimento dos estados contra o PLP 18, que limita a cobrança de ICMS dos combustíveis a 17%. O discurso mais contundente contra o texto foi o do secretário de Fazenda da Bahia, Manoel Vitório. Ele vê, pelo menos, três aspectos desfavoráveis à proposta. Primeiramente, jurídico. Há dúvidas se a legislação fere a Constituição, que dá autonomia aos estados. Mas, ele preferiu discorrer sobre os problemas que considera mais graves, de ordem econômica e social, inclusive com aumento do risco Brasil: “Estamos caminhando para um problema fiscal sem precedentes e sem uma certeza de resultado para a população, para a economia, para a inflação”, diz ele.

 

"NÃO INTERESSA A COR DO GATO, O IMPORTANTE É QUE PEGUE O RATO"

A frase foi proferida em um jantar com a bancada mais ligada ao seu setor pelo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida. Dirigindo-se ao deputado Danilo Forte (União Brasil-CE) , o ministro afirmou: “Você salvou o governo. Muito obrigado”. Danilo Forte é autor do PLP 18/22, que limita a cobrança de ICMS dos combustíveis e energia, e serviu de pontapé para as negociações em torno de projetos para reduzir o preço do diesel e da gasolina. O ex-presidente Lula já se posicionou contra o texto. Líder das pesquisas de intenção de voto, disse que Bolsonaro deveria ter coragem de pedir à Petrobras que parasse com os reajustes vinculados ao mercado internacional. Bolsonaro já tentou, mas ainda não conseguiu. A aposta na redução dos impostos é o que o governo considera viável no curto prazo. Se der certo, Lula ouvirá dos bolsonaristas o mesmo que ouviu, quando o Plano Real deu resultado, em 1994. O PT foi contra e o posicionamento lhe custou a eleição daquele ano, em que o petista também liderava as pesquisas. Alguns integrantes do PT têm o mesmo receio agora. Afinal, a história, muitas vezes, se repete.

 

NUNCA O BRASILEIRO DEVEU TANTO

Um levantamento da Serasa mostra que cada vez mais brasileiros estão inadimplentes. Os motivos são, principalmente, a alta inflação e o desemprego. A inadimplência atinge 66,1 milhões de brasileiros e bate recorde histórico. Esse é o novo recorde desde que os dados tem sido coletados, em 2016, pois representa cerca de R$ 271,6 bilhões em dívidas. Só agora em 2022, mais de 2 milhões de pessoas ficaram com o nome sujo.

 

METADE DOS PRÉ-CANDIDATOS A GOVERNADOR ESTÃO COMPROMETIDOS COM LULA

Um levantamento feito até o momento demonstra que 13 candidatos a governador estão comprometidos com Lula para presidente da República,  quais sejam: Roberto Requião (PT-PR);  Jerônimo Rodrigues (PT-BA); Rogério Carvalho (PT-SE); Paulo Dantas (MDB-AL); Danilo Cabral (PSB-PE); Fátima Bezerra (PT-RN); Rafael Fonteles (PT-PI); Carlos Brandão (PSB-MA); Rudson Leite (PV-RR); Leandro Grass (PV-DF); Paulo Mourão (PT-TO); Vinicius Miguel (PSB-RO) e Heitor Barbalho (MDB-PA). Fernando Haddad (PT SP) 

 

 

Posted On Segunda, 20 Junho 2022 05:52 Escrito por
Página 1 de 64

Pesquisa

Última edição

o-paralelo-13-edicao-506.jpg

Boletim de notícias

Boletim de notícias

Colunistas

 

Últimas notícias