JOSI NUNES COORDENADORÁ A CANDIDATURA DE MAURO CARLESSE AO SENADO

 

A prefeita de Gurupi, Josi Nunes, assumiu nessa quarta, 6, que coordenará a campanha do ex-governador Mauro Carlesse (Agir) ao Senado Federal.  Demonstra assim gratidão pelo apoio que recebeu de Carlesse em sua campanha vitoriosa para a prefeitura da Capital da Amizade.

 

EDUARDO GOMES, EXEMPLO DE UM LÍDER

 

O senador Eduardo Gomes, líder em liberação de recursos federais para os 139 municípios tocantinenses e para o Governo do Estado, vem demonstrando alto nível  em suas ações políticas sem adentrar nas picuinhas partidárias. Independente do partido do governador ou dos prefeitos, que o modo de agir do senador Eduardo Gomes sirva de exemplo àqueles que  não conseguem evoluir politicamente.

 

DEPUTADA PROFESSORA DORINHA 100% INTEGRADA A CANDIDATURA DE SENADORA

 

A deputada federal Professora Dorinha se afastou da Câmara dos Deputados para se dedicar com exclusividade à sua campanha ao Senado. Em seu lugar assumiu o primeiro suplente, Lázaro Botelho, do PP, presidido no estado pela senadora Kátia Abreu. Lázaro apoia a candidatura da Professora Dorinha ao Senado. A partir de sábado, 9, a deputada cumprirá uma intensa agenda no estado. Aguarda-se para as próximas 72 a definição sobre em qual palanque para governador a deputada federal estará integrada. A expectativa é grande.

 

AGIR FAZ LANÇAMENTO DE MAURO CARLESSE PARA SENADOR

 

O partido Agir, juntamente com a prefeita Josi Nunes,  organizou uma mega festa para o lançamento da campanha do ex-governador ao Senado. A organização lotou o auditório da Centro de Convenções Mauro Cunha com centenas de simpatizantes e correligionários do agora pré-candidato a senador Mauro Carlesse. A partir da próxima segunda-feira, 11, Carlesse começará a percorrer os 139 municípios do Tocantins.

 

GOVERNADOR WANDERLEI BARBOSA INTENSIFICA AGENDA POLITICA

 

O Governador Wanderlei Barbosa e seu staff político, coordenado pelo ex-secretário Jairo Mariano, costurando os entendimentos políticos  para formação da chapa majoritária e das chapas proporcionais. Muitas novidades acontecerão até a convenção do Republicanos, presidido no Tocantins pelo Governador Wanderlei Barbosa. A convenção deve acontecer no último dia permitido pela Lei Eleitoral.

 

PRESIDENTE DO SENADO AUTORIZA CPI DO MEC

 

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), autorizou o pedido de instauração da CPI do MEC, após a leitura do pedido na noite dessa quarta-feira (6/7). A CPI vai investigações as denúncias de favorecimento a prefeituras indicadas por pastores evangélicos no Ministério da Educação. Mas... a CPI somente será instalada oficialmente após as eleições, porque os líderes da base do governo só devem indicar os membros da mesma no mês de outubro.

 

BOLSONARO ENCOSTA EM LULA, SEGUNDO PESQUISA

 

Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Paraná Pesquisa entre os dias 30 de junho e 5 de julho, ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem seis pontos de vantagem sobre o seu principal rival, o presidente Jair Bolsonaro (PL). O resultado foi divulgado na quarta-feira, 6, pelo Instituto Paraná Pesquisa.

De acordo com o Instituto Paraná pesquisa, Lula tem 41,1% das intenções de voto contra 35,1% de Bolsonaro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. Ciro Gomes (PDT), tem 7,4%; Simone Tebet (MDB), com 2,2%; André Janones (Avante), com 1,5%; Pablo Marçal (Pros), com 0,6%; Vera Lúcia (PSTU), com 0,6%; Felipe d´Avila (Novo), com 0,4%; Luciano Bivar (União Brasil), com 0,3%; José Maria Eymael (DC), com 0,2%; e Sofia Manzano (PCB), com 0,2%. O pré-candidato Leonardo Péricles (UP) não pontuou.

 

PRIMEIRO MINISTRO BRITÂNICO RENUNCIA AO CARGO

 

O primeiro-ministro da Inglaterra, Bóris Johnson, renunciou ao cargo nesta quinta-feira, 7, depois de liderar a saída da Grâ-Bretanha do mercado comum europeu, com o brexit, e protagonizar escândalos em sua gestão. Ele permanecerá no cargo até que um novo líder do Partido Conservador seja escolhido, o que deve acontecer em alguns meses. Até lá Johnson continuará a governar com o novo gabinete indicado por ele, após a renúncia de ministros e funcionários do alto escalão.

 

 

Posted On Quinta, 07 Julho 2022 14:36 Escrito por

PALÁCIO ARAGUAIA DESCARTA SENADORA KÁTIA ABREU

 

Em entrevista ao site Gazeta do Cerrado nesta terça-feira, o coordenador da candidatura de Wanderley Barbosa à reeleição, ex-presidente da ATM Jairo Mariano, afirmou que uma composição com a senadora Kátia Abreu se tornou inviável, após a adesão do senador Irajá Abreu, filho da senadora, à candidatura do deputado federal Osires Damaso ao Governo do Estado. O coordenador afirmou que a partir de agora o grupo palaciano abre conversações com outros grupos políticos para composição da chapa majoritária no que concerne à candidatura ao Senado Federal.

 

GOVERNO PERDIDO E SEM DIREÇÃO

 

Ao justificar porque não apoia o projeto de reeleição do governador Wanderlei Barbosa,  o senador Irajá Abreu disse em entrevista coletiva de imprensa  que o atual "é um governo perdido e sem direção". Segundo o senador do PSD, "o Tocantins está precisando de alguém preparado para comandar o destino do estado. Infelizmente o atual governo não tem essa experiência. E vem demonstrando isso ao longo de oito meses".

 

O TOCANTINS É UM TRANSATLÂNTICO E O GOVERNADOR É UM CANOEIRO

 

Irajá Abreu fez duas metáforas: "é o mesmo de você querer pegar um médico de formação e colocar numa obra para construção de um prédio. Qual é a chance disso dar certo? E assim vem se portando o governo. É um governo que está dentro de um transatlântico, de um grande cruzeiro, mas se comportando como se estivesse sentado em uma canoa na beira do rio. E não é isso que o Tocantins espera, não é isso que o Tocantins merece".

 

O QUE SERÁ FEITO DA SENADORA KÁTIA ABREU?

 

Ao ser questionado sobre o destino de sua mãe, a senadora Kátia Abreu, que tem declarado apoio ao governador  Wanderley Barbosa, o senador afirmou que a decisão tanto da senadora quanto de outros pré-candidatos ao Senado será  tomada no final do processo das convenções partidárias, dia 05 de agosto. Ele lembra que nessas eleições está ocorrendo um fenômeno diferente de todas as outras, ou seja, todos os pré-candidatos ao Senado Federal estão fazendo uma campanha independente.

 

DEFINIÇÃO DE APOIO A GOVERNADOR "SÓ AOS 48 MINUTOS DO SEGUNDO TEMPO"

 

Ao analisar a situação dos atuais pré-candidatoa ao Senado Federal, Irajá Abreu lembrou  que Ataides Oliveira não tem chapas na sua coligação e não tem palanque. Wanderley Luxemburgo tem chapa proporcional, que é do PSB, mas também não definiu o candidato dele ao Governo, pelo menos publicamente. O ex-governador Carlesse não tem chapa proporcional nem candidatura majoritária. A Deputada Dorinha, pré-candidata ao Senador, tem chapas de candidatos a estadual e federal, mas também não tem um palanque definido, resolvido cem por cento, que tenha anunciado publicamente. Então a senadora Kátia Abreu está fazendo a mesma coisa. Ela está fazendo uma pré-campanha no Estado do Tocantins muito forte, muito mais consolidada do que os demais pré-candidatos, mas não depende de palanque de governador para ser candidata. É um direito dela ser candidata à reeleição". E finalisa sua análise dizendo que "campanha não é largada, campanha é chegada. E a chegada é dia 5 de agosto, quando tiver as convenções, onde tudo vai ter que se acomodar e se resolver. Definição, não só da senadora Kátia, mas inclusive dos outros candidatos só acontecerá aos 48 minutos do segundo tempo, na convenção partidária".

 

APOIO DE DIMAS FOI IMPORTANTE PARA ELEIÇÃO DE IRAJÁ AO SENADO

 

Irajá Abreu reconhece que o apoio de  Ronaldo Dimas foi importante para sua eleição ao Senado. Também reconheceu que (Dimas) "é um homem que foi testado, foi aprovado na gestão como prefeito. Fez uma grande transformação. Temos que dar a César o que é de César, ser justo e reconhecer o grande trabalho que ele fez em Araguaína. Até os adversários reconhecem isso. Imagina eu, que fui apoiado por ele.

 

POLÍTICA É UMA VIA DE MÃO DUPLA

 

Segundo o senador, na política existe uma via de mão dupla, que ele chama de reciprocidade. "DA mesma maneira que eu fui apoiado por ele, eu também apoiei a candidatura do deputado Tiago Dimas. Foi um apoio de ambas as partes", disse o senador. "Eu fui cumpri à risca com ele o apoio ao Tiago e ele também cumpriu à risca o apoio comigo. Também fui responsável com os recursos que destinei para Araguaína, que, inclusive, o compromisso que nós firmamos. Destinei quase 20 milhões (de reais) para Araguaína. A cidade merece, é minha obrigação e não fiz nenhum favor", declarou.

 

NÃO HOUVE RECIPROCIDADE NAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS DE 2020

 

Esse foi o motivo de Irajá Abreu deixar de apoiar Ronaldo Dimas para apoiar Osires Damaso nas eleições para governador este ano, segundo o próprio senador.

O PSD tinha um diálogo com Dimas à época, para que tivesse um apoio do partido do prefeito de Araguaína, o PODEMOS em Porto Nacional, Colinas e Araguatins. Não houve reciprocidade de apoio nessas cidades, onde o PSD tinha candidaturas e o PODEMOS não tinha candidatos. "Então, lá em Araguaína também não houve reciprocidade. Deixei todo mundo do PSD à vontade, mas nossa legenda acompanhou o Dr Hugo", esclareceu Irajá.

O senador finalizou sua entrevista dizendo: "cada eleição é uma eleição. O importante é que os compromissos sejam cumpridos na sua íntegra. Eu tenho consciência de que cumpri com o prefeito Ronaldo Dimas na íntegra, como venho cumprindo com Araguaína até hoje".

 

CANDIDATURAS AO GOVERNO DO ESTADO NÃO HÁ PERDEDORES, NEM GANHADORES

 

O processo sucessório será deflagrado oficialmente a partir do dia 05 de agosto, quando vence o prazo para realização das convenções partidárias para escolha dos csndidatos a governador, senador e candidaturas proporcionais. Até lá haverá muito blábláblá, sem contar as fakenews. O momento recomenda muita cautela.

 

PESO PESADO NA SUCESSÃO ESTADUAL

 

Os prefeitos dos cinco maiores colégios eleitorais terão papel importante no apoio a candidaturas a governador e senador nas eleições deste ano. Quem conseguir o apoio prefeitos e da maioria dos vereados de Palmas, Araguaína, Gurupi, Porto Nacional e Guaraí pode garantir uma das duas vagas no segundo turno.

 

ELEFANTE VOANDO

 

Os coordenadores políticos das principais chapas majoritárias terão missão impossível para resolver. Sem agressões nem xingamentos terão que fazer elefante voar. São eles os senadores Irajá Abreu, coordenador da candidatura de Osires Damaso, Eduardo Gomes, coordenador da candidatura de Ronaldo Dimas, e Jairo Mariano, coordenador da candidatura de Wanderley Barbosa. Em outras palavras, terão que dar "nó em pingo de éter". "Na política só não pode perder" *Tancredo Neves).

 

CANDIDATURA DE ATAIDES OLIVEIRA CRIA MUSCULATURA E NÃO PODE SER SUBESTIMADA

 

O candidato a senador Ataides Oliveira ganha musculatura na base política do Estado. Os vereadores estão sendo valorizados por Ataides e isso significa força na base se sustentação política da pirâmide, o que pode surpreender no resultado final, favorecendo ao ex-senador. Por isso a candidatura de Ataides não pode ser subestimada.

 

MAURO CARLESSE NO PAREO PARA SENADOR

 

O ex-governador Mauro Carlesse será confirmado como candidato ao Senado pelo AGIR na próxima quinta-feira, em um grande evento em Gurupi. Os olhos da classe política e da imprensa estarão conferindo o tamanho e as presenças de líderes no evento. O OBSERVATORIO POLITICO de O PARALELO13 fará uma análise detalhada após o acontecimento.

AGUARDEM...

 

"DINDIM" FARÁ BOI VOAR NESTAS ELEIÇÕES

 

"Dindim" fará boi voar nessas eleições, não tenham dúvidas. Em um Estado  com mais se 300 mil pessoas vivendo abaixo da linha da pobreza, "didim" bem aplicado faz miséria em uma eleição. Temos vários exemplos nos últimos onze anos. Ter "dindim" e saber aplicar pode, sim, fazer a diferença nos resultados finais nas urnas.

 

 

 

 

 

Posted On Terça, 05 Julho 2022 14:31 Escrito por

TETO DE GASTOS DE CAMPANHA (I)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) definiu por unanimidade que o teto dos gastos das campanhas eleitorais deste ano será o mesmo da eleição de 2018, com valores atualizados pela inflação no período. A correção se dará com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

A previsão é que os valores finais sejam divulgados apenas no dia 20 de julho pela área técnica da Corte. Se considerados os valores disponibilizados no último pleito presidencial, no entanto, é possível aferir que candidatos à Presidência poderão gastar até R$ 88 milhões no primeiro turno deste ano, ante R$ 70 milhões na última eleição; e R$ 44 milhões no segundo turno (acréscimo de R$ 9 milhões em relação a 2018, em números absolutos).

 

TETO DE GASTOS DE CAMPANHA (II)

 

Os valores para deputado federal e estadual também mudaram. Em 2018, eram R$ 2,5 milhões e R$ 1 milhão, respectivamente, e agora passam a R$ 3,2 e R$ 1,27 milhão. As campanhas para governador e senador são balizadas pelo tamanho da população de cada Estado. No caso de São Paulo, os candidatos ao governo poderão desembolsar até R$ 26,7 milhões no primeiro turno; e ao senado, R$ 7,12 milhões.

Resta saber se a soma do tempo de salário de cada parlamentar é maior ou menor que o valor gasto na campanha.

Aí fica fácil saber que está entrando na política para fazer alguma coisa e quem está entrando para “fazer investimento”.

No Tocantins, para governador, o TSE limitou em: 1º turno R$ 6.229.285 | Acréscimo 2º turno R$ 3.114.643.

Estamos de olho!!

 

BOLSONARO VISITA OBRAS NA BAHIA

O presidente da República, Jair Bolsonaro, visitou na manhã desta sexta-feira (1º) as obras de construção do rodoanel de Feira de Santana, no interior da Bahia. Ele também assinou a ordem de serviço do Programa Água Doce para a entrega de poços artesianos, cisternas e dessalinização de água para a região. Participaram do evento, o ministro da Cidadania, Ronaldo Vieira Bento, e o ministro do Turismo, Carlos Brito.

Com mais de 40 quilômetros de extensão, o entroncamento rodoviário será o maior de toda a região Nordeste. Segundo maior centro urbano da Bahia, Feira de Santana é um polo de atividade econômica focado no comércio e na indústria. “Hoje, demos um passo importantíssimo para verdadeira transformação do contorno de Feira de Santana”, disse Bruno Eustáquio, secretário-executivo do Ministério da Infraestrutura.

 

BRAGA NETTO LIVRE PARA SER VICE

O general da reserva Walter Braga Netto (PL) foi exonerado nesta sexta-feira, 1º, do cargo de assessor especial do gabinete pessoal da Presidência. A saída do governo abre caminho para Braga Netto assumir a pré-candidatura a vice-presidente na chapa do presidente Jair Bolsonaro (PL). A legislação eleitoral determina que servidores públicos que queiram ser candidatos precisam deixar o cargo no máximo três meses antes das eleições, prazo a vencer no sábado, dia 2.

Para o lugar de Braga Netto, foi nomeado o até então secretário de Justiça, Vicente Santini, ligado à família Bolsonaro. Em 2020, ele ocupava cargo de secretário executivo da Casa Civil.

 

VIGILÂNCIA SUPREMA

Num esforço de evitar novos capítulos na crise permanente com o Palácio do Planalto, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, se preocupou em fazer um discurso técnico na sessão de encerramento das votações no Poder Judiciário e deixou como um recado que os ministros vão manter a “vigilância suprema em prol da higidez da realização das eleições no País".

"O Supremo Tribunal Federal permanecerá vigilante e sempre a altura da sua mais preciosa missão: a de guardar a Constituição Federal com zelo à segurança jurídica, com atenção ao sentimento constitucional da população brasileira, mantendo a sua vigilância suprema em prol da higidez da realização das eleições no nosso País", afirmou Fux.

 

AGENTES DE SAÚDE TÊM SALÁRIO REAJUSTADO

Mais de 280 mil agentes comunitários em saúde e de combate a endemias profissionais em todo Brasil serão beneficiados com duas portarias que oficializam o aumento da remuneração desses profissionais. Elas liberam R$ 2,2 bilhões em crédito adicional para custear a medida.

A normativa do governo atende o que determina a Emenda Constitucional nº 120, de 5 de maio de 2022, aprovada pelo Congresso Nacional. Segundo a norma, o incentivo federal para o financiamento desses profissionais não deve ser inferior a dois salários mínimos.

Segundo o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, “os agentes comunitários de saúde e endemias são os olhos e ouvidos do Sistema Único de Saúde (SUS) na casa dos brasileiros”. Os profissionais são essenciais para a integração entre serviços de saúde da Atenção Primária e a comunidade, e devem estar vinculados às Unidades Básicas de Saúde (UBS) e credenciados pelo Ministério da Saúde.

 

IPASGO SERÁ PRIVATIZADO

O Instituto de Assistência aos Servidores Públicos do Estado de Goiás (Ipasgo) deve privatizado até o final de 2023. É o que consta em um parecer prévio de contas ao governador do exercício de 2021, publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (30) pelo Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO). Apesar da sugestão, vale lembrar que as contas estaduais foram aprovadas por unanimidade pela corte.

De acordo com o documento, o governo do Estado deve “adotar providências para que, até o final de 2023, seja efetivada a conversão do IPASGO em pessoa jurídica de direito privado, ou promover medida com potencial equivalente para resolução dos problemas relatados”.

 

BRASIL E ARGENTINA FECHAM ACORDO SOBRE VEÍCULOS

O Brasil e a Argentina concluíram a negociação de um acordo para reconhecerem mutuamente as normas de segurança de veículos, anunciaram hoje (30) à noite os ministérios da Economia, da Infraestrutura e das Relações Exteriores. O acordo será assinado em julho por autoridades dos dois países.

Por meio da homologação veicular, os órgãos máximos de trânsito atestam a conformidade dos veículos a normas de segurança e autorizam a circulação no país. Com o acordo, o Brasil reconhecerá a aprovação de um modelo de veículo produzido na Argentina, com o país vizinho fazendo o mesmo com os veículos montados no Brasil.

O acordo, informou o comunicado, facilitará o comércio de veículos entre Brasil e Argentina, reduzindo custos e prazos. “O reconhecimento mútuo de homologações veiculares favorece o desenvolvimento do setor automotivo nos dois países e o incremento dos fluxos de comércio, além de conferir mais previsibilidade e segurança jurídica para os investimentos”, destacou a nota.

 

BOLSONARO CANCELA REUNIÃO COM PRESIDENTE DE PORTUGAL

O presidente Jair Bolsonaro (PL) cancelou na tarde de hoje (1º) a reunião marcada para segunda-feira (4) com o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo (foto), que chega no Brasil amanhã.

Segundo a coluna do jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o motivo para o cancelamento da agenda é porque o mandatário português tem uma reunião marcada com Luiz Inácio Lula da Silva (PT), pré-candidato à Presidência da República e principal adversário de Bolsonaro, para domingo.

Bolsonaro determinou ao Itamaraty que suspenda o encontro com Rebelo no Palácio do Planalto, em Brasília, informou a coluna.

Assim, Marcelo Rebelo não irá mais para a capital federal, somente ao Rio de Janeiro e São Paulo.

Na mesma visita, o presidente de Portugal se encontrará com o ex-presidente Michel Temer (MDB).

 

DESEMPREGO CAI PARA 9,8%; MAS INFORMALIDADE ATINGE 40,1% DA POPULAÇÃO OCUPADA

Dados da ocupação divulgados hoje (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram recuperação continuada do mercado de trabalho. A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) aponta que a taxa de desocupação ficou em 9,8% no trimestre móvel encerrado em maio.

O recuo foi de 1,4 ponto percentual em relação ao trimestre de dezembro de 2021 a fevereiro de 2022, quando a taxa ficou em 11,2%, e de 4,9 pontos percentual na comparação com o mesmo período de 2021, quando o desemprego estava em 14,7%. Segundo o IBGE, esta foi a menor taxa de desocupação para um trimestre encerrado em maio desde 2015, quando o indicador registrou 8,3%.

Em números, o Brasil tem hoje 10,6 milhões de pessoas desocupadas. São 1,4 milhão de pessoas a menos frente ao trimestre anterior, o que representa um recuo de 11,5%. Na comparação anual, a queda foi de 30,2%, com 4,6 milhões de pessoas a menos desocupadas.

 

Posted On Sábado, 02 Julho 2022 04:59 Escrito por

IMBRÓGLIOS NAS DUAS PRINCIPAIS CHAPAS MAJORITÁRIAs (I)

Na chapa governista, 14 deputados filiados ao Republicanos, presidido no Estado pelo governador Wanderlei Barbosa, apoiam a candidatura ao Senado da deputada federal Dorinha Seabra. Enquanto isso, a senadora Kátia Abreu, candidata à reeleição, dá declaração, em Gurupi, de apoio à reeleição de Wanderlei Barbosa ao mesmo tempo em que seu filho, o também senador Irajá Abreu, afirma não ter decidido, ainda, quem irá apoiar para o governo.

Por outro lado, a deputada federal Dorinha Seabra, candidata ao Senado com apoio do senador Eduardo Gomes, que comanda a campanha pela eleição de Ronaldo Dimas, ex-prefeito de Araguaína ao governo, até hoje não se pronunciou sobre quem será seu candidato a governador, deixando para fazê-lo, só após as convenções partidárias.

Tá confuso!

 

IMBRÓGLIOS NAS DUAS PRINCIPAIS CHAPAS MAJORITÁRIAS (II)

Diante desses imbróglios, que só servem para confundir a cabeça dos eleitores, o governador Wanderlei Barbosa continua “elétrico”, fazendo uma maratona de viagens governamentais, assinando ordens de serviço, transferindo dois milhões de reais para cada município utilizar em obras estruturais de acordo com cada gestão, reformando e ampliando colégios e colocando máquinas na pista para a recuperação da malha viária estadual.

Alheio à acomodação de forças em seu grupo político, Wanderlei já chegou a declarar que a questão entre Kátia Abreu e os deputados estaduais deve ser resolvida entre eles, dedicando-se, totalmente em cumprir seu papel de gestor, deixando a campanha pela reeleição para depois.

Tá certo, o Wanderlei!

 

PTB PODE IMPLODIR

A disputa pelo comando do PTB no Tocantins pode “fazer água” e as confusões e existentes, hoje, entre um ex-presidente estadual sem voto, sem convivência política e social no Tocantins, outros dois políticos com mandato de vereador em Palmas e outro ex-vereador, que possuem representatividade política, podem levar a um impasse perigoso.

O grupo liderado pelos que têm representatividade política defende uma composição com o grupo palaciano, pela reeleição de Wanderlei Barbosa.  Já o ex-presidente do partido, aquele sem representatividade política, que compor com a candidatura de Ronaldo Dimas ao governo.

Essa situação gera dois riscos: o PTB pode ficar sem um comando forte e, também, pode acabar sem apoiar nenhum dos dois candidatos aventados pelas vertentes que se digladiam...

O tempo dirá.

 

EDUARDO GOMES NO BICO

O senador Eduardo Gomes estará, na próxima quinta-feira, na Região do Bico do papagaio, onde permanece até o domingo.  Em pauta, inaugurações de obras feitas com recursos que ele carreou junto ao governo federal e assinatura de ordens de serviço de pavimentação asfáltica, via Codevasf.

Gomes, líder do governo Jair Bolsonaro no Congresso Nacional, vem ao Tocantins acompanhado do ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, e pode anunciar ainda mais recursos para os municípios do Bico do Papagaio.

 

GOVERNADOR WANDERLEI BARBOSA ASSUSTA OPOSIÇÃO

Membros da elite da oposição ao Palácio Araguaia estão assustados com o volume de ordens de serviço que vem sendo assinadas pelo governador Wanderlei Barbosa.  99,99% dos oposicionistas estão apostando que não há dinheiro em caixa para concretizar as obras, mas a preocupação com os reflexos positivos do simples anúncio delas, é real.

O andamento das obras e atuação das empresas responsáveis dirá se há ou não fluxo de caixa nos cofres do Estado, capaz de manter tudo em dia.

O tempo dirá.

 

PESQUISAS EM O PARALELO13

A Família O Paralelo 13 está em negociações adiantadas com duas empresas de pesquisas eleitorais com know how nacional, para iniciar os trabalhos após as convenções partidárias, quando todos os candidatos estiverem nominados e colocados dentro de suas composições políticas.

Os levantamentos serão todos homologados pelo TRE – TO, e a primeira rodada está prevista para a primeira quinzena de agosto.

Aguardem!

 

SENADOR IRAJÁ COM AS BASES

O senador Irajá Abreu, presidente estadual do PSD, está intensificando suas consultas às bases, junto a prefeitos e vereadores do seu grupo político, além dos candidatos a deputado federal ou estadual que comporão a chapa proporcional do grupo.

A intenção é a tomada de decisão sobre qual candidatura ao governo apoiar em dois de outubro.

Político de poucas palavras e muito discreto, Irajá é muito elogiado pelos pares, sendo considerado um cumpridor de palavra e de pactos, transformando sua decisão quanto a qual candidato ao governo apoiar, muito importante para esse candidato.

As reuniões com as bases servem para que Irajá colha subsídios, na Capital e no interior, para que tome uma decisão que agrade a todos do seu grupo.

 

GILMAR MENDES COM COVID

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes testou positivo para a covid-19 neste domingo, dia 26, em Portugal. Essa foi a primeira vez que o ministro recebeu o diagnóstico da doença. O ministro passa bem.

O ministro, de 66 anos, está com todas as doses de vacina em dia e que não precisou de hospitalização.

Ele descobriu a covid-19 durante um teste de rotina antes de um evento que participaria presencialmente, ao lado de outras autoridades brasileiras, na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Com sintomas gripais leves, Gilmar Mendes vai manter a participação, de forma remota, no 10º Fórum Jurídico de Lisboa, vinculado ao IDP (Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa), do qual é sócio. O ministro participará nesta segunda-feira, dia 27, da abertura do evento.

 

PACHECO DIZ QUE URNAS SERÃO RESPEITADAS

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), fez uma defesa enfática do processo eleitoral brasileiro e afirmou que o resultado das urnas será respeitado "pelas instituições e pela sociedade". As declarações do senador - que é também o presidente do Congresso Nacional - foram dadas em Lisboa, após participar da Conferência Brasil e Portugal - Perspectivas de Futuro. Ao ser questionado se o presidente Jair Bolsonaro poderia tentar uma ruptura institucional caso seja derrotado na disputa presidencial, Pacheco afirmou que "não há hipótese de retrocesso".

Pouco antes, ao defender a democracia como "conquista da sociedade brasileira", Pacheco afirmou que "qualquer mínimo arroubo, qualquer bravata contra o estado democrático de direito, merecerá da presidência do Senado e dos senadores pronta reação, porque é inadmissível se pensar em algo diferente de democracia no País".

 

CAMPANHA MAIS CURTA

A pouco mais de três meses do 1º turno das eleições de 2022, partidos e pré-candidatos se articulam para a eleição presidencial mais curta desde 1994. Neste ano, a campanha eleitoral será feita entre 16 de agosto e 1º de outubro, um período de 46 dias de ações nas ruas e internet.

 O ano com intervalo mais curto até então ocorreu na última eleição, em 2018, com 50 dias liberados para distribuição de santinhos, pedidos de votos e eventos oficiais das campanhas. Com mudança na lei eleitoral, o intervalo foi reduzido e criada a pré-campanha – quando os políticos podem se chamar de pré-candidatos e debaterem, mas sem pedir explicitamente voto ou apoio.

Antes da mudança na lei, os partidos e candidatos tinham período maior para apresentarem seus projetos aos eleitores, com o mínimo de 85 dias para a eleição à Presidência (o que ocorreu em 2006, na reeleição de Lula). A média entre 1994 e 2014 era de 90 dias com as campanhas nas ruas -- inclui também os materiais veiculados em rádio e TV.

 

BANCO DO BRASIL LIDERA FINANCIAMENTOS A PRODUTORES RURAIS

O Banco do Brasil (BB) é o principal financiador da agricultura e pecuária nacionais, respondendo por mais de 50% do crédito rural do sistema financeiro. O volume da carteira de crédito agro do banco chegou a R$ 254,6 bilhões no primeiro trimestre de 2022, um crescimento de 28% em relação ao mesmo período da safra anterior. O presidente do BB, Fausto de Andrade Ribeiro, falou sobre este e outros assuntos em entrevista ao programa Brasil em Pauta, neste domingo (26), na TV Brasil.

“Nós tínhamos uma expectativa de uma carteira em torno de R$ 250 bilhões até o final da safra, nós já superamos esse valor: está em R$ 254 bilhões, posição em março, e crescendo. A posição até junho provavelmente deve ser um pouco maior do que isso. Em relação à safra 21/22, a programação inicial era de R$ 145 bilhões, dos quais praticamente todo esse valor já foi empregado na safra agrícola 21/22 por parte do Banco do Brasil”, disse Ribeiro.

 

Posted On Segunda, 27 Junho 2022 12:24 Escrito por

DESCULPAS A FOLHA

 

Abrimos esta coluna com um sincero pedido de desculpas ao vereador Folha Filho. Esta coluna veiculou uma nota em que citava o vereador como candidato a deputado federal pelo PTB.

Erramos!  Além de não ser candidato a deputado federal, Folha Filho é filiado ao PSDB da Capital.

Nossas desculpas ao nobre vereador!

 

PAI DOS POBRES, JANTAR DE MILHÕES

Um grupo formado por empresários, e também advogados, foi convidado para um jantar com o pré-candidato Lula (PT) nesse domingo, 26, em São Paulo, informa a coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

O evento é um agradecimento do Partido dos Trabalhadores após uma generosa doação de mais de R$ 2 milhões para a legenda.

O ex-governador de São Paulo e pré-candidato a vice, Geraldo Alckmin (PSB), também deve marcar presença no jantar.

Segundo a coluna, as contribuições vieram de mais de 100 pessoas, que doaram entre R$ 3 mil a até R$ 20 mil, sendo que a maioria contribuiu com valores altos.

Cotado para ser o tesoureiro da campanha de Lula na corrida eleitoral, o deputado Márcio Macedo (PT-SE) disse ao jornal que os recursos vieram de militantes e amigos do PT como pessoas físicas, que os valores irão para a sigla, não para a campanha de Lula.

 

BIVAR DIZ QUE MULHERES NÃO TÊM INTERESSE POR POLÍTICA

O pré-candidato à presidência pelo União Brasil, Luciano Bivar, em entrevista ao Jornal da CBN, classificou as leis do país como um manicômio tributário. Ele defendeu uma reforma que unifique e reduza os 11 impostos federais em apenas uma taxação com alíquota inferior. Bivar destacou a importância da simplificação tributária como forma de diminuir a fome e a miséria da população brasileira.

Luciano Bivar afirmou que a maioria das mulheres não tem tanto interesse pela política quanto os homens. Ele negou que haja menos oportunidades para elas na política brasileira e disse que as cúpulas dos partidos precisam garimpar no mercado mulheres.

'Quando elas têm interesse, elas se superam, são melhores do que os homens’. Ele acrescenta que isso 'é uma verdade factual’.

 

BOLSONARO COMEMORA ESTABILIDADE EM PESQUISA

Depois de ficar estável na mais recente pesquisa Datafolha, sem perder votos mesmo depois de várias agendas negativas nas últimas semanas, o presidente Jair Bolsonaro aposta no pacote de bondades que vai tentar aprovar na próxima semana para voltar a crescer nas pesquisas.

De um lado Bolsonaro, não caiu nas intenções de votos, mesmo depois da repercussão negativa para o presidente do assassinato do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips, aumento do diesel e da gasolina e prisão do ex-ministro Milton Ribeiro, o que fez o governo respirar aliviado.

O comitê de reeleição temia uma queda na pesquisa. Segundo um integrante do comitê, o pior foi evitado, sinalizando que os bolsonaristas não abandonam o presidente.

 

PACOTE DE BONDADES PARA SUBIR

 

A avaliação do comitê da reeleição é que o presidente precisa voltar a subir nas pesquisas para ter chances de ganhar a eleição. Na avaliação de um integrante do comitê, o presidente precisa reconquistar votos do eleitorado de centro, que perdeu durante seu governo.

Por isso, depois de muita pressão de aliados por medidas positivas para ajudar na reeleição de Bolsonaro, a equipe econômica fechou um acordo com a ala política do governo. Topou subir o valor do Auxílio Brasil para R$ 600 (gasto extra de R$ 20 bilhões) até o final do ano; pagar o auxílio gás mensalmente (gasto extra de R$ 2 bilhões); e criar um "voucher" para caminhoneiro de R$ 1.000 (R$ 5 bilhões).

 

GOVERNO GARANTE TRATAMENTO A AUTISTAS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou que os planos de saúde garantam cobertura para qualquer tratamento nacionalmente reconhecido e considerado adequado por médicos, nos casos de pacientes com transtornos do espectro autista (TEA) e outros transtornos globais do desenvolvimento (CID F84).

A decisão foi tomada em reunião da diretoria da agência ontem (23). Devido a processos e decisões judiciais recentes, a ANS decidiu explicitar a questão, com a inclusão do seguinte texto em uma nova resolução normativa (539/2022):

“Para a cobertura dos procedimentos que envolvam o tratamento/manejo dos beneficiários portadores de transtornos globais do desenvolvimento, incluindo o transtorno do espectro autista, a operadora deverá oferecer atendimento por prestador apto a executar o método ou técnica indicados pelo médico assistente para tratar a doença ou agravo do paciente”.

 

CONFIANÇA DO CONSUMIDOR AUMENTA

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), registrou alta de 3,5 pontos em junho deste ano na comparação com o mês anterior. O crescimento do indicador veio depois de uma queda de 3,1 pontos de abril para maio.

Com o resultado, o ICC atingiu 79 pontos, em uma escala de 0 a 200 pontos, o melhor resultado desde agosto do ano passado (81,8 pontos).

O Índice de Situação Atual (ISA), que mede a percepção do consumidor brasileiro no presente, subiu 1,3 ponto e chegou a 70,4 pontos, melhor resultado desde julho de 2021 (70,9 pontos). Já o Índice de Expectativas (IE), que mede a confiança no futuro, cresceu 4,9 pontos e atingiu 85,9 pontos, ficando ainda abaixo de abril (86,1 pontos).

 

SAI NOVA PARCELA DO AUXÍLIO BRASIL

A Caixa Econômica Federal paga hoje (24) a parcela de junho do Auxílio Brasil aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) com final 6. O valor mínimo do benefício é de R$ 400. As datas seguem o modelo do Bolsa Família, que pagava os beneficiários nos dez últimos dias úteis do mês.

O beneficiário poderá consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e o aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

Atualmente, 17,5 milhões de famílias são atendidas pelo programa. No início do ano, três milhões de famílias foram incluídas no Auxílio Brasil.

 

CALHEIROS, O “IMORTAL”, SEMEIA DISCÓRDIA NO MDB

Após a divulgação da pesquisa Datafolha na quinta-feira, 23, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) foi às redes sociais manifestar apoio à pré-candidatura do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e defender "união pela democracia". O parlamentar, que sempre foi próximo do petista, criticou quem insiste em "forçar a barra com pretensões irreais".

Como mostrou o jornal O Estado de S. Paulo, a disputa entre Lula e Tebet evidencia uma divisão antiga no MDB. A corrente do partido que defende o projeto petista é encabeçada por Calheiros, que sugere abertamente que a legenda apoie o presidenciável de esquerda no primeiro turno e já deu diversas declarações contrárias à pré-candidatura da senadora.

 

LIBERDADE “PRESA” AO SENADO

 

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid, sempre frequentou os holofotes do noticiário nacional após acumular mais de 25 processos no Supremo no Tribunal Federal (STF) em sua carreira política marcada por altos e baixos.

Em sua trajetória de 26 anos no Senado Federal, Calheiros acumulou desde inquéritos por crimes contra a honra até os conhecidos inquéritos por corrupção nas operações Lava Jato, Zelotes e no âmbito da Postalis, o instituto de previdência dos Correios.

Réu desde 2019 no âmbito da Lava Jato, Calheiros chegou a ser réu em outra ocasião, em 2016, quando o STF acolheu denúncia por peculato em um inquérito que ficou conhecido como "Renangate". O senador foi acusado de receber ajuda financeira de lobistas ligados a construtoras, que teriam pago despesas pessoais, como o aluguel de um apartamento e a pensão alimentícia de uma filha com a jornalista mineira Mônica Veloso.

Os detratores afirmam que Calheiros necessitar estar senador para se manter fora da prisão. “é um liberto, preso ao Senado”, afirmou um colega de Senado.

 

ADEUS A ERNANE GALVÊAS

Morreu na última quinta-feira, aos 99 anos, no Hospital Samaritano, em Botafogo, zona sul do Rio, o economista e ex-ministro da Fazenda Ernane Galvêas. Funcionário de carreira do Banco do Brasil, Galvêas assumiu vários cargos no governo federal, entre eles, a presidência do Banco Central, nos governos Costa e Silva e Médici. O economista no início da semana se submeteu a uma cirurgia na garganta.

Depois de um período na iniciativa privada, no governo João Figueiredo (1979-1985) Galvêas retornou à presidência do Banco Central por um breve período (agosto de 1979 a janeiro de 1980), assumindo em seguida o Ministério da Fazenda.

Ao lado de Delfim Netto, então ministro-chefe da Secretaria de Planejamento (Seplan), passou a comandar a equipe econômica do governo. Sua chegada ao ministério ocorreu durante a segunda crise do petróleo (1979-1980), momento em que o governo buscava combater a inflação, equilibrar o balanço de pagamentos, reduzir a dependência de energia importada e, sobretudo, conceber uma estratégia que possibilitasse o ajustamento da economia brasileira a uma nova realidade econômica internacional.

 

 

Posted On Sexta, 24 Junho 2022 13:32 Escrito por
Página 3 de 67

Pesquisa

Última edição

o-paralelo-13-edicao-506.jpg

Boletim de notícias

Boletim de notícias

Colunistas

 

Últimas notícias