COLUNA FIQUE POR DENTRO

Posted On Sábado, 24 Outubro 2020 06:48
Avalie este item
(0 votos)

LUZ DE ALERTA ACESA NO PALACIO ARAGUAIA

A respeito dos candidatos apoiados pelo Palácio Araguaia, começando pelo seu berço eleitoral, Gurupi, passando por Palmas e Araguaína, está acesa a luz de alerta no Palácio Araguaia.

Após os resultados das eleições municipais do próximo dia 15, O Paralelo 13 irá construir uma análise profunda, fundamentada na “voz das urnas”, levando em conta as forças políticas dos principais líderes e dirigentes partidários, com vistas à sucessão estadual 2022.

Por enquanto, tudo aponta que o Palácio Araguaia e a senadora Kátia Abreu podem ser os maiores perdedores com os resultados de 15 de novembro de 2020, no geral e, em Palmas, Carlos Amastha pode se enterrar de vez.

Felizmente, para eles, ainda faltam 23 dias para tentar reverter a situação.

Quem viver verá!

 

FRUSTAÇÃO COM FUNDO PARTIDARIO PODE PROVOCAR DESISTÊNCIAS

A frustração provocada pelos baixos valores do Fundo Partidário pode provocar dezenas de desistências de candidatos em Palmas e em vários outros municípios tocantinenses.

Muita gente está com saudades dos bons tempos de campanhas coordenadas por Siqueira Campos e Dr. Brito Miranda, em que as doações eram permitidas e os dois cuidavam de dizer quanto ia para quem...

Principalmente em Palmas e nos quatro maiores colégios eleitorais do Estado, participar de uma eleição sem estrutura financeira, sem dinheiro, é um tiro no escuro. É ou pedir para falir, se for bancar do próprio bolso, ou ficar devendo até as calças.

Corre-se o risco de, na reta final, muitos bons candidatos a vereador ficarem na beira da estrada.  Sem coligações proporcionais, a vitória pode não der do melhor, mas do que tiver mais “caixas” 2, 3...

Tem presidente de Comissão Provisória de partidos políticos se virando nos trinta para conseguir garimpar votos nestas eleições e poder “mostrar serviço” à cúpula nacional dos seus partidos, sob pena de, em 2022, ficar totalmente nu, sem comando, sem partido e sem Fundo Eleitoral, o que está deixando muita gente com insônia, sob pressão por todos os lados.

O resultado das urnas é uma linha tênue entre o sonho e o pesadelo para muitos.

 

PRESTAÇÕES DE CONTAS PODE COMPLICAR POSSE

Todos os cuidados precisam ser tomados pelos candidatos a vereador e a prefeito, mas, principalmente para as candidatas do sexo feminino.

Todos sabem que os partidos são obrigados a ter uma cota de candidatas mulheres, o problema é que, até nessa área, estão aparecendo as candidatas “laranja”, apenas para bater a cota.

A Justiça Eleitoral já deu provas que está prestando muita atenção nessas candidaturas, pois há verba específica destinada a elas, repassado pelo TSE.

É aconselhável, primeiro, que não se “plante um laranjal” e, segundo, que se tenha uma ótima assessoria jurídica e contábil na campanha, para não correr o risco de ganhar e não levar.

Não existe sensação pior que, depois de vencer uma eleição, ter a posse negada pela Justiça Eleitoral....

 

INFANTILIDADE POLÍTICA DE ELI BORGES PARA COM O PALÁCIO ARAGUAIA

Assim que o deputado federal Eli Borges, do leito do hospital onde convalescia de Covid-19, declarou que era o candidato a prefeito de Palmas com o apoio do Palácio Araguaia, numa espécie de “auto oferecimento”, o silencio profundo do governador Mauro Carlesse deveria ter representado muita coisa para o pastor.

Mesmo tendo em suas reuniões políticas a presença do vice-governador, Wanderlei Barbosa e alguns deputados, sua candidatura jamais decolou, apenas patinou.

Receoso de problemas com a Justiça Federal, principalmente referentes á “caixa dois” e tudo o que pode acontecer de errado durante uma eleição – esse, inclusive, foi o motivo de Wanderlei Barbosa não ter sido candidato a prefeito – o Palácio Araguaia optou por se manter totalmente fora do pleito.

A infantilidade de Eli Borges reside na questão de que agora, uma vez que se auto proclamou como o “candidato do Palácio”, não cola o discurso de vitimização que tenta ensaiar para a sociedade, para justificar a retirada de campo do time palaciano.

Qualquer coisa diferente de um posicionamento sério, de gente grande, pode colocar até a reeleição de Eli Borges ao parlamento federal em risco.

 

QUESTÃO DE HONRA PARA OS VICENTINHOS

Virou questão de honra para o deputado federal Vicentinho Jr. e para o ex-senador, Vicentinho Alves, vencer a eleição municipal de Pindorama, com a candidatura do Dr. Thiago Tapajós, irmão do deputado federal e, consequentemente, filho do ex-senador.

Também é questão de honra para os dois a eleição de Pedro Henrique, como vereador, em Porto Nacional, já que este é tio do deputado e irmão do ex-senador. Pedro, inclusive, já foi vereador, presidente da Câmara Municipal e vice-prefeito na gestão de Otoniel Andrade.

 

PRONTAS PARA GARANTIR A LIBERDADE

Em evento da Força Aérea Brasília (FAB), o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira, 23, que as Forças Armadas estão "prontas" para defender a pátria e a garantia da liberdade. O presidente participou da cerimônia em homenagem ao Dia do Aviador e da FAB, em que foi feita a apresentação oficial do caça F-39 Gripen, desenvolvido em parceria pelo Brasil e Suécia.

"Quando tudo lhes parecer incerto, lembrem-se das Forças Armadas. Como bem diz a história, elas sempre estarão prontas para defender a pátria e a para garantir a nossa liberdade", disse Bolsonaro.

Em breve discurso, o presidente destacou que a apresentação do novo caça da FAB fará de 2020 um ano "marcante" para a aeronáutica. Com a nova aeronave, ele destacou que será possível "transformar de forma irreversível nossa operacionalidade e nossa capacidade logística".

O novo jato da FAB chegou ao Brasil em 20 de setembro e é o primeiro de um total de 36 unidades compradas pelo governo.

 

IMPEACHMENT POR VACINA

O Cidadania ameaça entrar com um processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro se ele desautorizar a compra de uma vacina que se comprove eficaz contra a covid-19. A estratégia está sendo avaliada pela cúpula do partido e depende dos próximos passos do governo. A discussão aumenta a pressão sobre Bolsonaro após ele ter desautorizado o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

A compra de doses de um laboratório chinês produzidas com o Instituto Butantã, de São Paulo, havia sido anunciada pelo Ministério da Saúde na terça-feira, 20. Bolsonaro, porém, ficou inconformado com o destaque recebido pelo governador João Doria (PSDB-SP) no episódio e avaliou que Pazuello se precipitou. A nacionalidade e o domicílio eleitoral da vacina deram fôlego à ala ideológica do governo, que atacou a iniciativa tomada com aval dos militares.

Se for comprovado que realmente a vacina pode imunizar a população do novo coronavírus, uma atitude de Bolsonaro para barrar o financiamento poderia ser enquadrada como crime de responsabilidade ou até mesmo crime comum, de acordo com o presidente do Cidadania, Roberto Freire. Um processo de impeachment precisa passar pelo crivo do Congresso e, inicialmente, depende de uma decisão do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que, até o momento, rejeita autorizar uma denúncia.

 

PROFESSORES, POLICIAIS E BOMBEIROS NO ORÇAMENTO DE 2021

A proposta de Orçamento da União para 2021 prevê a contratação de mais de 50 mil servidores nos três poderes. A contratação de professores, policiais e bombeiros terá um custo de R$ 2 bilhões em 2021.

A proposta de Orçamento da União para 2021 foi enviada ao Congresso Nacional pelo governo no fim de agosto e prevê a contratação de 51.021 servidores pelos três poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário.

O projeto está em análise no Congresso e precisa de aprovação, porém, ainda não foi instalada a Comissão Mista de Orçamento. Com a demora em aprovar o Orçamento, pode fazer com que o governo inicie o ano sem poder ter gastos.

O Poder Executivo é o que mais necessita de contratos, sendo 48,1 mil vagas: 1000 policiais e bombeiros, contratados pelo governo do Distrito Federal; 100 militares egressos das academias militares; 200 cargos vagos para o preenchimento de funcionários públicos ou cargos de comissão de livre provimento e 800 professores para o Ministério da Educação.

 

DINHEIRO NA CUECA... DE NOVO

O candidato a vereador Edilvan Messias dos Santos, o 'Vanzinho de Altos Verdes' (PSD), foi preso em flagrante nesta, em Carira, no sertão do Sergipe, com R$ 15,3 mil escondidos na cueca. A Polícia Militar suspeita de compra de votos.

A apreensão do dinheiro sob a peça íntima do candidato ao legislativo municipal ocorre uma semana após a Polícia Federal flagrar o senador Chico Rodrigues (DEM-RR) com R$ 33 mil socados na cueca.

A PM recebeu a denúncia do suposto crime eleitoral e foi informada pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) que dois carros estavam circulando pelo Povoado Altos Verdes, zona rural do município de Carira. Após buscas, os agentes encontraram material de campanha no interior de um dos veículos.

Ao revistar o candidato, os policiais militares encontraram a quantia escondida em sua cueca. "Ao ser questionado sobre a procedência do dinheiro, o infrator apenas respondeu que havia recebido um pagamento na cidade de Itabaiana e pretendia usar o valor para comprar um veículo", informou a comunicação da PM.

 

Pesquisa

Última edição

o-paralelo-13-edicao-504.jpg

Boletim de notícias

Boletim de notícias

Colunistas

 

Últimas notícias