COLUNA FIQUE POR DENTRO

Posted On Quinta, 11 Novembro 2021 15:12
Avalie este item
(0 votos)

ACOPLAGEM ABORTADA NA SUCESSÃO ESTADUAL

Os planos de voo de todos os “astronautas”, pré-candidatos a algum cargos nas eleições de 2022 estão passando por diversas modificações e as “acoplagens” aos partidos estão sendo “abortadas”, pelo menos por enquanto.

 

Essa atitude é mais comum aos postulantes que ainda não se filiaram nenhum partido, que estão preferindo aguardar até março do ano que vem para definir seus rumos.

 

Já é sabido por todos que ainda há muita “bucha” por vir, com muitos CPFs confiscados e muitos respingos das ações da Justiça Federal em certos políticos e membros de outros poderes.

 

Tudo corro sob absoluto sigilo de Justiça e o Observatório Político de O Paralelo 13 já detectou, em Brasília, que a demora para as novas ações se deve ao foro privilegiado de alguns suspeitos.

 

CHAPINHAS EM ALTA

O empresário e guru político Lucas da Lince, já famosos por construir chapinhas vencedores para vereador e deputado estadual, anda mais em alta que o dólar nestes momentos de instabilidade política.

 

Se o nome Lulcas da Lince fosse um ação na bolsa de valores, com certeza já teria batido recordes em valorização, haja vista o número de pré-candidatos que o tem procurado para formar ou fazer parte de uma de suas chapinhas.

 

Esperto que é, Lucas da Lince deu uma sumida de fazer inveja aos grandes mágicos e ilusionistas.  Ninguém sabe onde está, ninguém viu, e ninguém tem a mínima ideia das estratégias que está traçando para evitar “contaminações” em suas articulações, e evitar erros que comprometam todo o seu trabalho minucioso.

 

MAURO CARLESSE VOLTA?

 O afastamento de Mauro Carlesse, determinado pela Justiça Federal tem prazo de 180 dias.  A pergunta se ele volta antes, na data ou depois, corre solta nos bastidores políticos do Tocantins.

 

Até as 18h desta quarta-feira não havia nenhum protocolo de habeas corpus ou liminar pedido por seus advogados junto ao STF.  Mas, isso não quer dizer que nada acontecerá.

 

Grande parte dos dirigentes de partidos e membros da Assembleia Legislativa de mantém em silêncio, longe dos aparelhos de celular e dos microfones da imprensa.

 

Isso só tem um nome: “cautela”.

 

WANDERLEI BARBOSA TOCA O GOVERNO COM FOCO AS AÇÕES SOCIAIS E OBRAS

O governador em exercício, Wanderlei Barbosa, por outro lado, vem tocando sua gestão com muita tranquilidade.  Esta semana, recebeu prefeitos da região do Jalapão, liberou patrulhas mecanizadas para a manutenção e recuperação de estradas, almoçou com deputados, assinou várias ordens governamentais, inclusive para a compra de mais de 200 mil cestas básicas e kits de higiene, e prepara anúncios de obras e ações governamentais, sempre com os pés no chão sobre sua interinidade no cargo.

 

Seu lema é dividir com seus aliados políticos, formado em sua grande maioria por tocantinenses genuínos, tudo o que a sua presença no cargo mais importante do Estado possa proporcionar ao povo e aos municípios, contando, também, com a participação da maioria dos deputados estaduais que, afinal de contas, representam os municípios tocantinenses.

 

DELEGADA EXONERADA

A delegada da Polícia Federal Silvia Amelia da Fonseca foi exonerada nesta terça-feira, 9, do cargo de diretora do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI). A demissão, assinada pelo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira,(foto) foi vista na PF como uma represália ao processo de extradição do youtuber bolsonarista Allan dos Santos, do canal Terça Livre.

 

Em nota, o Ministério da Justiça e Segurança Pública afirmou que a troca da delegada é "parte de ajustes naturais de equipe da nova gestão da Secretaria Nacional de Justiça", ligada à pasta. A Secretaria Nacional de Justiça é chefiada por Vicente Santini. Homem de confiança da família Bolsonaros, Santini foi secretário adjunto da Casa Civil até janeiro de 2020, quando foi exonerado por usar um avião da FAB para viajar à Índia. Depois, passou pelo Meio Ambiente e pela Secretaria-Geral da Presidência a na condição de assessor.

 

MORRE JORNALISTA CRISTIANE LOBO

A jornalista e colunista de política Cristiana Lôbo morreu nesta quinta-feira (11), em decorrência de um mieloma múltiplo, do qual se tratava havia alguns anos, agravado por uma pneumonia contraída nos últimos dias. Ela tinha 64 anos e estava internada no hospital Albert Einstein, em São Paulo.

 

Cristiana atuou no jornalismo por mais de 30 anos. Começou a carreira cobrindo a política do estado de Goiás, onde nasceu, até se mudar para Brasília.

 

Em sua formação educacional, em Goiânia, Cristiane estudou no colégio Agostiniano, e foi colega de classe do publicitário Lincoln de Moraes, proprietário da TV3 e do empresário portuense Celso Mourão Filho.

 

Cristiane Lobo era, também, a musa inspiradora de Jô Soares, que por diversas vezes se declarou apaixonado pela jornalista.

 

A classe jornalística perde uma de suas mais influentes comentaristas políticas.

 

BENEFÍCIO PODE SER SUSPENSO

Cerca de 85 mil segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que recebem o benefício por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença) têm até hoje (11) para agendar a perícia médica. Eles foram convocados pela operação pente-fino do órgão para verificar possíveis irregularidades e terão o benefício suspenso se não passarem por nova perícia.

 

Em 27 de setembro, o INSS convocou 95.588 segurados para agendarem perícia médica até 11 de novembro. Segundo o instituto, até agora somente 10.397 marcaram o exame, com 85.191 passíveis de perderem o auxílio de incapacidade temporária.

 

A relação completa dos convocados pode ser consultada no Diário Oficial da União. Desde julho, o órgão está enviando cartas a 170 mil segurados. As perícias começaram em agosto. Quem recebe a notificação tem 30 dias, a contar da data informada pelos Correios, para agendar o procedimento.

 

MORO CANDIDATO

A filiação do ex-ministro da Justiça Sérgio Moro ao Podemos, com discurso de candidato à Presidência, mudou o xadrez da terceira via.

 

Pesquisa da Genial/Quaest divulgada nesta quarta-feira, 10, mostra que Moro está em terceiro lugar na disputa ao Palácio do Planalto, com 8% das intenções de voto, despontando como potencial nome da terceira via na polarização entre Bolsonaro e Lula. Na prática, Moro aparece empatado, na margem de erro, com Ciro Gomes, que tem 7%. Bolsonaro alcança 21% e Lula continua na dianteira, com 48%.

 

BOLSONARO MARCA DATA DE FILIAÇÃO AO PL

O presidente Jair Bolsonaro assina sua filiação ao Partido Liberal (PL) no próximo dia 22, em um evento previsto para ocorrer em Brasília às 10 horas da manhã. A informação foi confirmada pela legenda por meio de nota após reunião de Bolsonaro com o presidente da sigla, Valdemar Costa Neto, no Palácio do Planalto. A data foi negociada pela cúpula do PL pelo caráter simbólico, já que 22 é o número da sigla na urna eletrônica. Será o nono partido de Bolsonaro desde que ingressou na política.

 

O PL também será o destino do senador Flávio Bolsonaro (RJ), filho mais velho do presidente. O "Zero Um", que participou de reunião no Planalto, deve pedir sua desfiliação do Patriota nos próximos dias para também se filiar ao partido do pai na mesma data.

 

NÃO HÁ DNA DE MAURO CARLESSE NA PEÇA QUE O AFASTOU

Uma das estratégias da defesa de Mauro Carlesse na elaboração de um habeas corpus para o retorno ao cargo de governador estaria baseada no fatos dos acontecimentos pontuados pela Justiça não terem ocorrido este ano, não havendo, portanto, influência de Carlesse nas supostas irregularidades.

 

Outro ponto da defesa é que não se pode afastar um detentor de mandato eletivo antes de a ação ter transitado em julgado, muito menos sem o acusado ter conhecimento da ação, muito menos direito de defesa prévia.

 

A conferir...

 

Pesquisa

Última edição

o-paralelo-13-edicao-505.jpg

Boletim de notícias

Boletim de notícias

Colunistas

 

Últimas notícias