COLUNA FIQUE POR DENTRO

Posted On Segunda, 21 Setembro 2020 04:17
Avalie este item
(0 votos)

ELEIÇÕES MUNICIPAIS DE PALMAS: SÃO MUITAS AS CANDIDATURAS A PREFEITO. SERÁ?

 

Há uma data limite para que todos os pretendem ser prefeitos e vereadores façam o registro de suas candidaturas, que é o dia 26 de setembro.  At[é lá, muita água vai passar por baixo da ponte dos recursos de campanha, que dependem de Brasília.

As cúpulas de cada legenda encomendam pesquisas com institutos nacionais para só depois, de acordo com a colocação do “candidato” e o interesse partidário na cidade, decidir se vale ou não a pena injetar recursos na candidatura.

Ser candidato em Palmas sem uma estrutura partidária e financeira para bancar empresa de marketing e publicidade, auxiliar nos custos dos candidatos a vereador, em plena pandemia, é praticamente inviável.

Com isso, essa história de que Palmas terá muitos candidatos a prefeito está parecendo mais “conto da Carochinha”.

 

GASTOS IMUTÁVEIS

Os gastos de campanha sempre são altos e já faliram muitos derrotados em eleições passadas.  Sem fundo eleitoral, tempo de Horário Eleitoral Gratuito de Rádio e TV e sem militantes dispostas a trabalhar por amor, o pré-candidato a prefeito de Palmas que estiver no páreo, em plena pandemia, precisa estar preparado economicamente para realizar sua campanha.

Sem essa disponibilidade financeira, é mais fácil uma pessoa ganhar três vezes seguidas na mega sena, com os mesmos números em uma aposta simples.

A produção dos programas para o horário gratuito de Rádio e TV é cara e precisam ter conteúdo e profissionalismo na realização para chamar a atenção do eleitor.

“Meu nome é Enéas” foi um fenômeno do passado que não se repetirá mais.

 

220 MIL TOCANTINENSES PASSARAM FOME ENTRE 2018 E 2019, SEGUNDO IBGE

Após o dia 31 de dezembro próximo, com o fim do auxílio pago pelo governo federal aos cidadãos, estados e municípios, a maioria dos novos prefeitos irá encontrar “terra arrasada” para administrar.

Sem dinheiro e sem condições de atender ás milhares de famílias em dificuldade de sobrevivência, grande parte dos novos gestores terão sequer capacidade para cumprir as promessas de campanha.

Justamente por essa situação, que é irreversível, os eleitores precisam decidir corretamente em quem votar, pois, dependendo do candidato, o acesso à Brasília e aos recursos.

São mais de 220 mil tocantinenses na linha da pobreza, que necessitarão de administrações voltadas para o social.  E isso não dá para fazer sem dinheiro.  Muito dinheiro.

 

SUCESSÃO MUNICIPAL DE PALMAS "O CEMITERIO" PARA MUITOS E, SE BRINCAR, CADEIA TAMBÉM"

O candidato que, mesmo sabendo da sua impossibilidade de vencer o pleito, mantiver sua candidatura com outros fins, de olho nas eleições de 2022, corre dois grandes riscos.  O primeiro, e menos pior, é o de ser o “lanterninha”, com um resultado tão pífio que sepultará sua carreira política. 

O segundo, e mortal, será cometer desvio de finalidade com os recursos do Fundo Eleitoral e virar alvo de uma visita da Polícia Federal às 6h da manhã.  Sem contar que este último erro pode acarretar uma punição ainda durante a realização da campanha.

 

QUEM SERÁ QUEM ENTRE OS PARTIDOS APÓS A ELEIÇÃO DE 15 DE NOVEMBRO

Os partidos “nanicos” do Tocantins que irão disputar um mandato nas eleições de novembro próximo precisam ter um volume de votos representativo, principalmente os que possuem cadeiras na Câmara Federal, como o PSC, de Osires Damaso e o PT de Célio Moura.

Ter votos nas bases significa chances de sobrevivência para 2022.  Sem votos, as articulações terão que ser pesadas para garantir a sobrevivência da legenda.

Por isso é importante que se saiba qual partido vai apoiar qual candidatura, pois isso também fará parte do jogo eleitoral que definirá o futuro de cada um, sempre de olho em 2022.

 

ARLINDO LOPES VISITA ASSENTAMENTOS

Acompanhado pelo prefeito de Porto Nacional, Joaquim Maia, candidato à reeleição, o presidente do MDB portuense, Arlindo Lopes, candidato a vereador, esteve, neste último fim de semana, na zona rural portuense, discutindo e colhendo sugestões junto à comunidade.

Arlindo intensifica sua caminhada em busca de um mandato, para dar início à sua carreira política com o “pé direito”, com boas propostas e ideias para colocar em prática, sempre tendo a cidade de Porto Nacional e seus cidadãos como prioridade.

A hospitalidade e a boa aceitação dos pequenos produtores rurais da cidade encheu de esperanças o coração de Arlindo, que vai acelerar os passos ainda mais nesta semana que se inicia.

 

PESQUISA DE INTENÇÃO DE VOTO NOS QUATRO MAIORES COLEGIOS ELEITORAIS

Uma pesquisa de intenção de voto, feita para consumo interno de um partido, em Brasília, abrangendo os quatro maiores colégios eleitorais do Tocantins, detectou que mais de 60% dos eleitores desses municípios ainda não decidiram em quem votar para prefeito.

Para o cargo de vereador, a indecisão é ainda maior, chegando aos 87%.

A planilha aponta, ainda, uma enorme chance de abstenção recorde nos maiores centros urbanos. Para os pesquisados, a família é o grupo social mais importante, a Polícia Federal a instituição com maior credibilidade e a religião uma unanimidade.

Os dados foram levantados por telefone e desmascaram os candidatos de Palmas e outras cidades que levaram pesquisas à direção nacional de seus partidos, em que apareciam entre os três primeiros colocados nas intenções de voto.

A pesquisa está sendo chamada de “tiro no coração”, e confirma que mentira tem perna curta.

 

RAIMUNDO PALITO FALA DE “TRAIRAGEM, VELHA POLÍTICA E “JOGO DUPLO” DO CLÃ DOS ABREU

Ao saber que o PSD, do senador Irajá Abreu, irá apoiar a candidatura de Hugo Mendes (PRTB), em Araguaína, o ex-deputado estadual e atual secretário de Governo da prefeitura local, Raimundo Palito, não poupou adjetivos e disparou contra o clã dos Abreu.

Segundo Palito, a atitude de Irajá Abreu é “trairagem”, citando que, sem o apoio de Ronaldo Dimas, em 2018, o senador não conseguiria nem se reeleger a deputado federal.

No desabafo de Raimundo Palito, vazado em áudio de Whatsapp, revela que ele considera que os Abreu fazem a “velha política”, juntamente com o ex-prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB) ao apoiar a candidatura de Hugo Mendes: “isso é totalmente a atitude da velha política. Esse pessoal da velha política, com três, quatro, cinco mandatos de deputado, de tudo, tem a intenção de achar que manda em tudo”, criticou.

Palito termina falando que os Abreu fazem “jogo duplo”: “essa trairagem fizeram aqui, fizeram em Palmas e estão fazendo em vários lugares. Ou então, estão com jogo duplo. A mãe [Kátia] fica num lugar e o filho [Irajá] fica em outro, e quem ganhar está bom. Em vários municípios por aí que têm dois candidatos”, desabafou.

Parece que o clima pesou em Araguaína...

 

PANDEMIA DE COVID-19 LONGE DE ACABAR NO TOCANTINS

O Tocantins contabilizou, ontem (20), 259 novos casos confirmados de Covid-19, sendo 58 nas últimas 24h. O restante é de exames coletados em dias anteriores e que tiveram seus resultados liberados na data de ontem.

Dos 259 novos casos 153 foram detectados por RT-PCR, 66 com sorologia e 40 através testes rápidos.

Atualmente, o Tocantins contabiliza 193.657 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 63.423 casos confirmados. Destes, 46.178 pacientes estão recuperados, 16.379 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 866 pacientes foram a óbito.

Estado possui uma plataforma onde todos podem acompanhar os números da Covid-19 no Tocantins: http://integra.saude.to.gov.br/covid19.

 

 

Pesquisa

Última edição

o-paralelo-13-edicao-504.jpg

Boletim de notícias

Boletim de notícias

Colunistas

 

Últimas notícias