SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL COMPROVA ENQUADRAMENTO DO TOCANTINS NA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL

Posted On Quinta, 02 Julho 2020 03:54
Avalie este item
(0 votos)

O governador Mauro Carlesse passa a ter em mão a certidão positiva junto ao Tesouro Nacional, após muita luta, comprometimento e medidas impopulares, mas necessárias, mesmo sabendo que sofreria desgaste junto à sociedade tocantinense

 

 

Por Edson Rodrigues

 

Foram dois anos de muitas dificuldades, mas, junto com os apoios que veio conquistando ao longo da batalha, como o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Toinho Andrade, que com maestria costurou acordos e entendimentos junto a seus pares – que entenderam a necessidade de abraçar a causa em nome do povo tocantinense – que deixaram os interesses partidários de lado e votaram os Projetos de Lei que promoveram mudanças e a extinção de cargos, secretarias e órgãos.

 

A conquista chega em um momento que, apesar de pouco propício para as comemorações que valeria, em plena pandemia do Covid-19, que vem ceifando vidas, postos de trabalho e abalando a economia do Estado, mas é um primeiro alento para que o Tocantins possa, com as portas que a certidão positiva abre, reiniciar sua tomada de crescimento, progresso e geração de emprego e renda.

 

Essa conquista serve, também, para mostrar que o Tocantins tem à frente do seu Executivo um homem de princípios e de inteligência, que deixou as questões da política doméstica de lado para tratar do macro, do que poderia ser – e será – a salvação, o tão esperado equilíbrio fiscal e econômico, que permitirá voos mais altos.

 

O RELATÓRIO

O Relatório de Gestão Fiscal consiste em uma publicação quadrimestral dos entes federativos que apresenta os comparativos com os limites de que trata a LRF, para a despesa total com pessoal, dívida consolidada líquida, concessão de garantias e contragarantias, operações de crédito e os valores da disponibilidade de caixa e dos restos a pagar.

 

O RGF é publicado pelos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, e também pelo Ministério Público e pela Defensoria Pública. As informações apresentadas referem-se a dados extraídos dos demonstrativos dos estados e do Distrito Federal relativos ao 1º quadrimestre do exercício de 2020.

 

A Secretaria do Tesouro Nacional (STN) divulgou nesta terça-feira, 30, dados do Relatório de Gestão Fiscal que apresentam os dados da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) dos estados brasileiros no primeiro quadrimestre do ano de 2020. De acordo com as informações, o Tocantins manteve o seu enquadramento com índice de 47,6%.

 

PARABÉNS, MAS, VAMOS ÀS OBRAS!!!

Apesar de ser um momento muito aguardado pelo governo do Estado e por toda a sua equipe econômica, na pessoa do secretário da Fazenda e Planejamento, Sandro Henrique Armando e de sua equipe de técnicos, as congratulações pelos feitos vêm junto com uma “palavra de ordem” há muito esperada por todos os tocantinenses: “vamos às obras!”.

 

A confirmação do enquadramento à Lei de Responsabilidade Fiscal e a consequente recolocação do Tocantins junto aos demais “Estados de Elite” do País, traz junto a garantia de acesso aos empréstimos junto ao Banco Regional de Brasília, ao Banco do Brasil e à Caixa Econômica Federal, que possibilitarão transformar o Tocantins no maior canteiro de obras da Região Norte do Brasil, com recuperação de rodovias, patrulhas mecânicas para pequenos produtores, a construção dos hospital regional de Gurupi, investimentos no HGP e a tão sonhada nova ponte sobre o Rio Tocantins em Porto Nacional.

 

Mais que obras, significa que, pós pandemia, o Tocantins estará apto a retomar o seu crescimento, readequar sua economia e gerar empregos e renda para a população, que retornam para o estado na forma de impostos, reiniciando o círculo virtuoso do desenvolvimento.

 

Que assim seja!!!

Pesquisa

Última edição

o-paralelo-13-edicao-502.jpg

Boletim de notícias

Boletim de notícias

Colunistas

 

Últimas notícias