Polícias Civil e Militar prendem em Porto Nacional preso que fugiu de hospital em Goiânia

Posted On Segunda, 06 Julho 2020 13:00
Avalie este item
(0 votos)

Ele alegou que estava com coronavírus

 

Com Assessoria da PC

A Polícia Civil, por meio da DIH, e a Polícia Militar, por meio da Rotam, capturaram um investigado de alta periculosidade. Ele foi preso no sábado (04) em Porto Nacional, estado do Tocantins.

 

João Cruz Feitosa da Silva, de 35 anos, havia fugido, em 23 de junho deste ano, do Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia (Huapa), onde estava internado por contrair Covid-19. Ele teria escapado depois de cortar a rede de proteção da janela da enfermaria onde estava isolado. O detento deu entrada no hospital, no dia 15 de junho, com sintomas do novo coronavírus. Ele passou por exames de sangue que confirmaram a doença. Antes de ser hospitalizado, cumpria prisão preventiva no sistema prisional, em Aparecida de Goiânia, em razão de investigação da DIH.

 

Ao ser capturado, estava na companhia de outros bandidos com quem planejava ataque criminoso a instituições financeiras. Segundo as investigações, o alvo seria um assassino faccionado que agia na região noroeste de Goiânia, suspeito de encomendar e executar inúmeros homicídios.

 

A divulgação da imagem e identificação do preso foi precedida nos termos da Lei n.º 13.869, Portaria n.º 02/2020 – PC, Despacho do Delegado Titular desta unidade, nº 000010828006 e Despacho dos responsáveis pela investigação, especialmente porque visa o surgimento de novas provas e testemunhas do homicídio em testilha, bem como outros crimes violentos na região.

 

Última modificação em Segunda, 06 Julho 2020 13:11

Pesquisa

Última edição

o-paralelo-13-edicao-502.jpg

Boletim de notícias

Boletim de notícias

Colunistas

 

Últimas notícias