Forças de Segurança se reúnem para ajustar execução do plano de atuação nas eleições 2020

Posted On Quinta, 12 Novembro 2020 04:33
Avalie este item
(0 votos)
O encontro contou com a participação dos representantes da Polícia Civil, Diretoria de Estratégia e Inteligência da SSP, Polícia Federal, Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Bombeiros Militar, e Guarda Metropolitana de Palmas O encontro contou com a participação dos representantes da Polícia Civil, Diretoria de Estratégia e Inteligência da SSP, Polícia Federal, Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Bombeiros Militar, e Guarda Metropolitana de Palmas

 SSP promoveu a última reunião para ajustes técnicos antes das eleições 2020

 

Por Rogério de Oliveira

 

Para alinhar as ações e detalhar o planejamento estratégico para atuação nas eleições municipais de 2020 marcadas para domingo, 15, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP – TO), por intermédio da Superintendência de Segurança Integrada (SSI) e do Sistema Integrado de Operações (SIOP), promoveu nesta quarta-feira, 11, a última reunião técnica com os representantes das Forças de Segurança envolvidas na execução do Plano Estadual Integrado de Segurança Pública (PEISP).

 

O encontro, que foi realizado na sala de reuniões do Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, contou com a participação dos representantes da Polícia Civil, Diretoria de Estratégia e Inteligência da SSP, Polícia Federal, Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Bombeiros Militar, e Guarda Metropolitana de Palmas que apresentaram suas demandas e expectativas de gastos, bem como a totalidade de servidores que estarão diretamente envolvidos no processo eleitoral, além de informações necessárias para preenchimento do sistema “Córtex”, ferramenta do Ministério da Justiça será utilizada nas eleições 2020.

 

Na oportunidade, os presentes também debateram e sintetizaram as informações prestadas por cada órgão a fim de melhor estabelecer as diretrizes e estratégias de atuação no pleito eleitoral, com o objetivo de garantir não somente a segurança nos locais de votação, mas também assegurar que todos os envolvidos no processo eleitoral possam trabalhar com tranquilidade e que, por fim, o cidadão possa exercer seu direito constitucional de votar com segurança. Também foram apresentadas as últimas informações sobre o trabalho que será desenvolvido por cada força de segurança, locais de plantão e efetivo a ser utilizado.

 

Na ocasião, o superintendente de Segurança Integrada da SSP, Delegado Marcelo Falcão, e o diretor do SIOP, delegado Ricardo Francisco Real de Castro, bem como os demais representantes pontuaram e ratificaram a necessidade e importância do trabalho integrado entre as instituições para que haja uma efetiva e eficiente prestação do serviço de segurança.

 

“A integração das forças de segurança é de suma importância para que o processo eleitoral ocorra dentro da mais perfeita normalidade como estabelece a Constituição Federal. Nesse sentido, nessa última reunião procuramos alinhar todas as questões técnicas para que o padrão de segurança seja o adequado para todos os envolvidos no processo eleitoral”, ressaltou o delegado Ricardo Real.

 

Por fim, Ricardo Real acrescentou que a partir do próximo sábado, às 14h até o fim das eleições, será instalada, no âmbito do SIOP, a sala de monitoramento das eleições na qual estarão reunidos os representantes das instituições de segurança, com poder de decisão, para que haja além da alimentação imediata do sistema córtex, a análise de demandas que surgirem!

 

Sistema Córtex

 

O Sistema Córtex, do Ministério da Justiça será utilizado nas Eleições 2020 realizadas no Estado do Tocantins, através da operação “Eleições 2020”, pré-definida pelos gestores do sistema, que será alimentado pelos focais do Estado previamente estabelecidos pela Superintendência de Segurança Integrada.

 

A alimentação do sistema será realizada em duas frentes, a primeira concernente a matriz de atividades onde serão detalhadas todas as ações realizadas no dia da eleição e nos que a antecedem, contendo o detalhamento das ações, o dia e hora em que serão realizadas, e os órgãos responsáveis pelas realizações dos eventos.

 

E como segunda linha de atuação, será alimentado o painel de gestão de operações, onde conterá os recursos envolvidos (aeronaves, viaturas, efetivos etc), os incidentes de ocorrência (crimes contra candidatos, crimes eleitorais e outros incidentes).

 

Por fim, para que o painel de gestão de operações seja devidamente preenchido, os órgãos envolvidos na Operação Eleições 2020 deverão encaminhar de forma simplificada todas as ocorrências relacionadas a crimes eleitorais, crimes contra candidatos, crimes em locais de votação e apuração, e por fim Incidentes de Segurança Pública e Defesa Social no Entorno dos Locais de Votação (acidente de trânsito, atendimentos de urgência e emergência, bloqueio de vias, colapsos de estruturas, desmoronamentos, dentre outros).

 

 

Pesquisa

Última edição

o-paralelo-13-edicao-504.jpg

Boletim de notícias

Boletim de notícias

Colunistas

 

Últimas notícias