ELI BORGES CARTA FORA DO BARALHO PALACIANO

Posted On Terça, 20 Outubro 2020 17:40
Avalie este item
(1 Votar)

“A honradez reconhecida é o mais seguro dos juramentos”

 

 BENJAMIN FRANKLIN

 

Por Edson Rodrigues

 

Um grupo de auxiliares do primeiro escalão do Palácio Araguaia, o vice-governador, Wanderlei Barbosa e membros dos partidos que compõem a base política do governo do Estado podem ter “tirado o time de campo” em relação ao apoio à candidatura do deputado federal e pastor, Eli Borges a prefeito de Palmas. A decisão teria sido tomada ainda na última sexta-feira.

 

Por ser um político cumpridor de sua palavra, o governado Mauro Carlesse sempre vem honrando com seus compromissos políticos, ora com os líderes partidários aliados, ora com os deputados federais e estaduais. Segundo nossas fontes, a “culpa” do desembarque palaciano da campanha do pastor foi unicamente do próprio Eli Borges, que, em um pacto com o governo do Estado havia acertado o seu afastamento da função de deputado federal para dar lugar a Lázaro Botelho que, além de ajudar ao governo do Estado, também produziria efeitos políticos positivos em Araguaína.

 

Segundo nossas fontes, Eli Borges não se afastou do cargo nem demonstrou nenhuma intenção de fazê-lo, o que teria enfurecido o staff palaciano e provocado a debandada geral.

A VER NAVIOS

Neste exato momento, Eli Borges passa a ser mais um político no “olho do furacão” sucessório de Palmas, “sem parente nem aderente”, muito menos com condições próprias de tocar sua campanha, uma vez que a produtora de publicidade e os assessores de campanha já desligaram os equipamentos e levantaram acampamento, para que o prejuízo seja menor.

Informações de bastidores ainda dão conta de que vários candidatos a vereador podem desistir de concorrer, para não ficar a “ver navios” sem o “capitão” no comando.

PESQUISA FIETO

Enquanto isso, a pesquisa encomendada pela Fieto, encomendada ao Instituto VETOR pela Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO) e TV Jovem/Record Tocantins, com entrevistas realizadas de 14 a 17 de outubro com intervalo de confiança de 95% e margem de erro estimado em 3,5 pontos percentuais. O registro da pesquisa foi feito no Tribunal Regional Eleitoral (TO-07405/2020 - Prefeito).

A pesquisa mostra a prefeita Cinthia Ribeiro em primeiro lugar nas modalidades espontânea, com 27% das intenções de voto, e estimulada, com 30%. Nas duas modalidades, o segundo colocado é o deputado estadual portuense Jr. Geo, com 8% e 9%, respectivamente.

Como Cinthia é da mesma vertente religiosa que Eli Borges, a tendência é que haja uma migração de votos para a candidata à reeleição, que poderá ser percebida em pesquisa feita posteriormente à divulgação do desembarque palaciano da candidatura de Borges.

Confira os dados da pesquisa Fieto - Record/Vetor em:

 

http://www.fieto.com.br/DownloadArquivo.aspx?c=027dfd6f-8302-4966-ad2e-2b9b1be58130

 

Pesquisa

Última edição

o-paralelo-13-edicao-504.jpg

Boletim de notícias

Boletim de notícias

Colunistas

 

Últimas notícias