COLUNA FIQUE POR DENTRO

Posted On Terça, 12 Outubro 2021 06:40
Avalie este item
(0 votos)

MDB SE ORGANIZA E PARTE GRANDE, RUMO A 2022

O MDB tocantinense tem tudo para eleger um mínimo de oito deputados estaduais e entre dois e três deputados federais.

 

Sob a presidência do ex-governador Marcelo Miranda, contando com a liderança do senador Eduardo Gomes, provável nome do partido para a disputa do governo do Estado, o MDB vem trabalhando de forma discreta e silenciosa, para chegar em meados de julho do ano que vem com grandiosas chapas proporcional e majoritária, equilibradas, alinhadas e competitivas.

 

COM BOLSONARO NO PP, KÁTIA PODE DEBANDAR

O presidente Jair Bolsonaro repetiu com o PP as mesmas exigências que fez a outras siglas, sobre a indicação dos candidatos ao Senado em todos os estados.

 

No Tocantins, a senadora Kátia Abreu, que nunca fez questão de esconder seu posicionamento anti-Bolsonaro, é a presidente estadual do PP e, caso Bolsonaro ingresse no partido, terá mais um “novelo para desenrolar”.

 

Por ser uma crítica ferrenha do atual governo, além de ter muito caráter, determinação, dificilmente Kátia dividirá um palanque o presidente da República nas eleições de 2022.

 

Mesmo com a política não sendo exata, ninguém, no Tocantins, aposta um centavo em ver os dois no mesmo palanque.

 

RENÚNCIA DE CARLESSE DEPENDE DE ENTENDIMENTO COM WANDERLEI

O governador Mauro Carlesse vislumbra a possibilidade de ser um candidato competitivo e consolidado ao Senado Federal, mas só o fará se estiver, politicamente, alinhado com o seu vice, Wanderlei Barbosa que, no entendimento das lideranças do seu grupo político, não possui a musculatura suficiente para pleitear o cargo de governador.

 

Essa questão precisa estar resolvida nos próximos 120 dias, para que Carlesse possa, enfim, tomar a decisão que achar melhor, entre ser ou não candidato ao Senado.

 

No caso de uma não renúncia de Carlesse, o que indicaria a não candidatura ao senado, o governador, pessoalmente, irá cuidar para levar seu candidato ao governo, Sandro Henrique Armando, ao segundo turno, com totais condições para transformar em realidade, principalmente com os programas sociais do Estado a pleno vapor, como é o caso do Tocantins Tocando em Frente, que inicia amanhã, quarta-feira, na Região Sul do Estado.

 

FEDERAÇÃO PARTIDÁRIA E OS PALANQUES “TITANIC”

Todas as vezes em que se tentou formar palanques “Titanic” em eleições na Capital, o cenário acabou desmoronando.  Palanque Titanic é aquele formado por diversas vertentes partidárias e ideológicas, apenas para satisfazer os desejos dos políticos e, não, pensando nas demandas da população.

 

Com milhares de eleitores desempregados, alguns famintos, juntando ao alto índice de rejeição da classe política em geral, com raríssimas exceções, qualquer tentativa de repetir esse tipo de palanque, seja em Palmas seja em todo o Estado, o risco de desabamento é ainda maior nas eleições de 2022.

 

Isso é um fato indiscutível.

 

SEM RENÚNCIA

Já há uma ala, dentro da Assembleia Legislativa, que acredita que o governador Mauro Carlesse não irá renunciar ao governo para não deixar o comando do Palácio Araguaia nas mãos de Wanderlei Barbosa.  Segundo esse grupo, as chances disso acontecer são iguais a zero.

 

As fraturas, a partir dessa constatação, seriam “irresolvíveis”.  Mas, como tudo é possível em se tratando de política, só nos resta aguardar pelo desenrolar dos fatos.

 

RUMO AO DESCONHEECIDO??

Falando em sucessão estadual, após a ideia de o governador Mauro Carlesse disputar outro mandato no Executivo Estadual, seu vice, Wanderlei Barbosa, que vinha pousando de helicóptero no interior do Estado para realizar entregas ou vistorias de obras, anda meio sumido desses eventos.

 

Ainda não se sabe se é uma estratégia política ou se Wanderlei “ligou o desconfiômetro”, por estar sem partido, sem grupo político pessoal e sem o apoio do Palácio Araguaia.

 

O certo é que há grandes chances de Wanderlei mudar seu “plano de voo”, partindo para uma candidatura a deputado federal ou ficar, até o fim de 2022, no cargo de vice-governador.

 

O tempo dirá!

 

DESEMBARQUE PÓS-FUSÃO É INEVITÁVEL

Independente de quem ficar com o comando do União Brasil no Tocantins, o governador Mauro Carlesse ou a deputada federal Dorinha Seabra, o desembarque dos seguidores de quem ficar sem o poder nas mãos parece inevitável

 

A não ser que haja um pacto entre os dois, parece que o União Brasil não conseguirá, pelo menos no Tocantins, repetir o feito de Brasília, em que as legendas se acomodaram sem cerimônia.

 

Resta saber se, em caso de pacto, os eleitores irão engolir, “goela abaixo”, essa união de ideologias.

 

MORO PODE SEER CANDIDATO PELO UNIÃO BRASIL

O União Brasil niciou uma ofensiva para ter o ex-ministro da Justiça Sérgio Moro como candidato em 2022. Um dos interlocutores da nova sigla com o ex-juiz da Lava Jato é o vice-presidente do PSL, deputado Júnior Bozzella (SP). "Excelente nome. Não podemos descartar nenhuma possibilidade. Estamos conversando", afirmou o parlamentar ao Estadão. Moro também mantém conversas com o Podemos.

 

De acordo com o deputado do PSL, uma definição sobre a filiação de Moro deve ocorrer em novembro. "Acredito que no mês que vem, quando ele voltar dos Estados Unidos. Dentro do nosso partido ele terá muitos apoios", disse Bozzella, que integra a comissão organizadora da fusão DEM-PSL.

 

DINHEIRO NA CONTA

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), nascidos em junho, podem sacar, desde ontem, (11), a sexta parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro havia sido depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 26 de setembro.

 

Os recursos também poderão ser transferidos para uma conta corrente, sem custos para o usuário. Até agora, o dinheiro apenas podia ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), de boletos, compras em lojas virtuais ou compras com o código QR (versão avançada do código de barras) em maquininhas de estabelecimentos parceiros.

 

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br.

 

IRIS REZENDE TEM MELHORA NO QUADRO DE SAÚDE

Ex-prefeito de Goiânia e ex-governador de Goiás, Iris Rezende tem apresentado “resultados positivos” durante internação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em hospital de São Paulo (SP). No total, ele está há 35 dias em unidades de saúde se recuperando de acidente vascular cerebral (AVC) e cirurgia.

 

A informação sobre a recuperação gradativa do paciente foi divulgada pela filha dele, Ana Paula Rezende, em publicação nas redes sociais:

 

“Mais um dia tranquilo com resultados positivos para o meu pai. Os parâmetros de saturação, pressão e frequência cardíaca estão ótimos. Os exames laboratoriais todos normais”, escreveu.

 

Ainda de acordo com o post de Ana Paula, a família tem boas expectativas para a recuperação plena do político.

 

Pesquisa

Última edição

o-paralelo-13-edicao-504.png

Boletim de notícias

Boletim de notícias

Colunistas

 

Últimas notícias