COLUNA FIQUE POR DENTRO

Posted On Sexta, 25 Setembro 2020 05:48
Avalie este item
(1 Votar)

ROGÉRIO EM BRASILIA COM GUEDES E GOMES

O secretário de Finanças da prefeitura de Palmas, Rogério Ramos, esteve na residência oficial do ministro da Economia, Paulo Guedes, em companhia do líder do governo Jair Bolsonaro no Congresso nacional, senador Eduardo Gomes.

Segundo O Paralelo 13 apurou, o “chefe da chave do Tesouro de Palmas” teve audiência privada com Guedes, articulada por Eduardo Gomes.

A pauta não foi revelada, mas é um segredo guardado a sete chaves, a ser revelado na hora certa, e tem a ver com boas notícias para o Orçamento de 2021 da Capital tocantinense, com valores diferenciados para cada Pasta do município.

A prefeita Cínthia Ribeiro terá garantido, para sua provável próxima gestão, total apoio do governo federal, tendo como interlocutor o senador Eduardo Gomes e todo o seu prestígio junto ao presidente da República.

 

ABRÃO LIMA NO PAREO POR UMA VAGA DE VEREADOR DE PALMAS

Um dos homens públicos mais bem preparados para enriquecer a Casa de Leis da Capital, com larga experiência na vida pública e como funcionário de carreira do Banco Central, com três cursos superiores e dois doutorados, Abrão Lima, já se encontra em plena preparação de campanha, em busca de uma vaga de vereador em Palmas.

Abrão busca ser o representante de todos os palmenses, principalmente os que querem pessoas capazes de desenvolver uma legislatura além do normal, que saibam pensar, planejar e colocar em prática as ações que possam resultar em benefícios á toda a população.

UM DOS HOMENS PUBLICOS MAIS BEM PREPARADO PARA ENRIQUECER A CASA DE LEIS DA CAPITAL PALMAS.COM LARGA ESPERIENCIA COMO FUNCIONARIO DE CARREIRA DO BANCO CENTRAL. COM três cursos Superiores e Doutorado em dois

Abrão Lima compõe a chapa que traz Marcelo Lélis como candidato a prefeito, a quem considera um político capaz de fazer uma administração equilibrada entre o desenvolvimento econômico e o meio ambiente, proporcionando mais qualidade de vida à população palmense.

 

SUCESSÃO MUNICIPAL DE 2020 CHEIA DE SUPRESAS

As eleições municipais de 2020 prometem muitas surpresas aos desavisados.  Afinal, desde o início do ano O Paralelo 13 vem alertando aos eleitores sobre as peculiaridades dos quatro principais colégios eleitorais do Estado, que são Palmas, Araguaína, Gurupi e Porto Nacional.

Será a primeira eleição municipal sem coligações proporcionais, o pleito com o maior número de candidatos nessas cidades – tanto a prefeito quanto a vereador – e serão realizadas em meio a uma pandemia que tem por principal consequência um apelo para que as pessoas permaneçam em suas casas.

Durante os 45 dias de campanha, serão traições e mais traições políticas, travestidas de “composição”, reservando um sem número de emoções a cada programa do Horário Eleitoral Gratuito de Rádio e TV, nas pesquisas e nos debates.

Aguardem!

 

PALÁCIO ARAGUAIA DE CORPO E ALMA NA SUCESSÃO MUNICIPAL DE PALMAS

Sem deixar claras suas digitais, o Palácio Araguaia tem, sim, um candidato a prefeito na Capital.

Pelo menos foi o que garantiu o pastor Eli Borges que, no dia de sua alta, após ter contraído a Covid-19: “minha candidatura a prefeito de Palmas tem o aval do governador Mauro Carlesse”.

Segundo fontes, os “homens fortes” do Palácio Araguaia estão articulando, politicamente, para fortalecer a candidatura de Borges, o que, pelo menos, reserva muitas novidades para um futuro bem próximo.

 

"TODOS CONTRA CÍNTHIA"

Ao que parece, essa opção repentina pela candidatura de Eli Borges à prefeitura faz parte do slogan acima.  Deve ser por isso que o palácio Araguaia não deixa suas digitais nesse apoio.

Se lembrarmos que, até hoje, o governador Mauro Carlesse ainda não reverteu sua rejeição em Palmas, onde residem milhares de servidores públicos estaduais.

Dessa forma, o Pastor Eli Borges passa a ser um “filho” político adotivo do Palácio Araguaia.

O certo é que, por enquanto, nenhuma chapa está com suas candidaturas a prefeito e a vereador 100% “estabelecidas”, com santinhos e outros materiais de campanha prontos, fato que só deve ocorrer no início de outubro, por conta das muitas novidades, acomodações e movimentações políticas que devem ocorrer até lá.

 

BOLSONARO OPERADO EM SÃO PAULO

O presidente Jair Bolsonaro será operado na manhã de sexta-feira no hospital Albert Einstein, em São Paulo, para retirada de um cálculo da bexiga, disse à Reuters o médico Leandro Echenique.

A intervenção está programada para ocorrer por volta de 10h30 e será conduzida pelo urologista Leonardo Borges. Echenique também vai acompanhar a intervenção, considerada simples e corriqueira.

Bolsonaro, de 65 anos, foi operado quatro vezes após ser esfaqueado durante a campanha presidencial. A primeira, de emergência, em Juiz de Fora (MG), onde ocorreu o ataque contra ele. Depois foram intervenções realizadas em São Paulo, para desobstrução intestinal, retirada de uma colostomia e correção de uma hérnia.

O presidente convive com o cálculo na bexiga há algum tempo, o que tem causado um certo incômodo.

 

MAIOR AVALIAÇÃO POSITIVA DESDE A POSSE

 

A avaliação positiva do governo do presidente Jair Bolsonaro subiu e atingiu o maior patamar desde que ele tomou posse em janeiro de 2019, alcançando 40%, ante os 29% registrados em dezembro do ano passado, mostrou pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quinta-feira.

De acordo com o levantamento, a avaliação negativa do governo ficou em 29% ante os 38% do levantamento do final do ano passado, e 29% apontam o governo como regular, contra 31%.

O levantamento apontou ainda que 50% aprovam a forma de Bolsonaro governar, ante 41% na pesquisa anterior, ao passo que 45% a desaprovam, contra 53% no final de 2019.

A pesquisa, feita pelo Ibope e encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), auferiu ainda a confiança no presidente, e 46% disseram confiar – ante 41% em dezembro –  e 51% afirmaram não confiar – contra 56% na sondagem anterior.

Foram ouvidas 2 mil pessoas entre os dias 17 e 20 de setembro em 127 municípios. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais.

 

CRIVELLA INELEGÍVEL

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio (TRE-RJ) confirmou na tarde desta quinta-feira, 24, a decisão de tornar o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) inelegível – ele tenta a reeleição em novembro. Em julgamento iniciado na segunda-feira, 21, foram analisadas duas ações em que o mandatário é acusado de abuso de poder e prática de conduta vedada. O colegiado de sete magistrados já havia formado maioria para proibi-lo de concorrer a cargos públicos até 2026. Um julgador, contudo, tinha pedido mais tempo para analisar o processo.

Crivella já anunciou que vai recorrer da decisão. Ele pode levar o caso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ao Supremo Tribunal Federal (STF). Enquanto isso, adversários podem impugnar sua candidatura - que já está registrada - com base no entendimento do TRE. O tribunal afirma que ele já está inapto para a disputa deste ano, enquanto a defesa acredita que é possível concorrer enquanto recorre.O prefeito respondia às ações por causa de dois eventos promovidos pela Prefeitura às vésperas da eleição de 2018. Os dois pedidos foram julgadas em conjunto.

 

CANDIDATO A VEREADOR É MORTO APÓS “LIVE” EM MINAS GERAIS

O candidato a vereador em Patrocínio, no Alto Paranaíba, em Minas Gerais, Cássio Remis (PSDB), foi assassinado a tiros na tarde desta quinta-feira, 24, depois de fazer uma live criticando obras que estavam sendo realizadas pela prefeitura. Remis, de 37 anos, estava em frente a uma casa em que, segundo ele, poderia começar a funcionar o comitê de campanha de seu adversário político na cidade, o prefeito Deiró Marra (PSB), ex-deputado estadual.

De acordo com a Polícia Militar em Patrocínio, o suspeito de ter cometido o crime é Jorge Marra, secretário de Obras da cidade e irmão do prefeito. Ele está foragido. Na live, é possível ver o candidato, que também é presidente do PSDB em Patrocínio, falando sobre as obras. Cássio Remis para durante a gravação e começa a filmar um homem que desce de uma caminhonete, vai em sua direção e pega seu celular.

Última modificação em Sexta, 25 Setembro 2020 06:28

Pesquisa

Última edição

o-paralelo-13-edicao-504.jpg

Boletim de notícias

Boletim de notícias

Colunistas

 

Últimas notícias