APESAR DE DESGASTE COM LEI SECA, CINTHIA RIBEIRO CONTINUA A ANGARIAR APOIOS, ENQUANTO OPOSIÇÃO SEGUE SEM DEFINIÇÕES

Posted On Segunda, 25 Mai 2020 06:09
Avalie este item
(0 votos)

Mais uma vez reafirmamos que a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro segue caminhando para uma virtual reeleição sem muitos percalços, mesmo com o desgaste desnecessário causado pela decretação da Lei Seca, derrubada pela Justiça

 

Por Edson Rodrigues

 

Cinthia tem demonstrado equilíbrio e determinação m sua administração, principalmente nas áreas que envolvem planejamento, finanças, infraestrutura e saúde.

 

 

Prefeita Cinthia Ribeiro e  o secretário Carlos Braga

 

Politicamente, conseguiu fechar uma ótima frente de pré-candidatos a vereador, tanto novatos quanto em mandato, além de ter se aproximado de vários partidos com boa representatividade política, graças ás ações de alguns de seus auxiliares e, principalmente,  ao poder de articulação e à habilidade do seu secretário de governo, Carlos Braga, uma político que sempre age com muita humildade e mansidão, e que tem trânsito e credibilidade nos mais diversos segmentos políticos de Palmas, principalmente na Câmara Municipal.

 

EDUARDO MONTOAN

Outra pessoa que vem contribuindo para a construção de um alicerce sólido para a reeleição de Cinthia Ribeiro é seu noivo, Eduardo Mantoan, com ótimo trânsito junto ao segmento religioso, com amizades concretas com vários pastores, além de líderes comunitários, e ajudou a formar um bom grupo de candidaturas a vereador pelo PSDB.

 

A cada dia que passa fica mais claro que a vitória de Cinthia Ribeiro na eleição deste ano só depende dela própria. E, justamente por isso, ainda faltam algumas arestas a serem aparadas, para não deixar nenhum motivo pelo qual seus adversários possam atacá-la, como foi o caso da implantação da Lei Seca, cheia de boas intenções, mas muito mal formulada pela sua equipe jurídica.

 

HORA DE CONCRETIZAR

Tirando esse pequeno deslize de sua equipe jurídica, Cinthia deve, agora, iniciar as conversações com seus aliados, parceiros, correligionários e simpatizantes.  Chegou o momento do “olho no olho” e essa hora não pode ser “terceirizada”.  Cinthia tem que estar pessoalmente com cada um, com vistas a garantir o seu futuro político.

 

Esse tipo de interlocutor, o destinatário final da mensagem de compromisso da prefeita em relação ao seu próximo mandato, não aceitam ouvir de alguém o que querem ouvir da própria prefeita.

 

A forma como fará esses contatos e com quem começará a fazê-los também é uma decisão que só cabe à própria Cinthia Ribeiro, pois será fundamental, no convencimento, para evitar possíveis contaminações que venham de outros candidatos e de outras “conversas”,

 

OPOSIÇÃO ANIMADA

Todos aqueles que pretendem se candidatar à prefeitura de Palmas, contra Cinthia Ribeiro, precisam estar cientes de que só com união será possível vencê-la.

Resta saber se os dirigentes partidários estão realmente interessados em se eleger ou apenas em colocar as mãos no Fundo Partidário para financiar candidaturas de outras pessoas em cidades do interior, e pavimentar seus caminhos rumo à eleição majoritária de 2022, não apenas para o governo do Estado, mas para as vagas de deputado federal, estadual ou do Senado.

 

Essa intenção será automaticamente identificada a partir do momento em que fique definido quais serão os candidatos opositores á Cinthia Ribeiro.

 

Os que se unirem para tentar derrotar a atual prefeita, estarão, efetivamente, pensando no Paço Municipal de Palmas.  Aqueles que vierem por partidos pequenos e sem representatividade, arriscando tudo, certamente estarão mais interessados no Fundo Partidário que em uma vitória.

 

AINDA SEM FAVORITOS

Dito isso, podemos afirmar que a sucessão municipal de Palmas ainda não tem um favorito. Existe uma prefeita concorrendo à reeleição, com uma administração equilibrada, sem nenhuma denúncia de corrupção e com seus compromissos administrativos e financeiros em dia.

 

Porém, sabe-se que isso não é – nem nunca foi – o bastante para garantir uma reeleição.  Falta, ainda, à Cinthia, sentar à mesa para conversar com seus aliados, saber de suas demandas e “acertar os ponteiros” com cada um, para fechar uma coligação que seja forte o suficiente para enfrentar qualquer chapa oposicionista que se apresente em contrário.

 

Nesse movimento, ainda há o “acerto” com a Câmara Municipal que sobreponha o atual acordo por uma governabilidade.

 

Enquanto isso, os nomes de oposição ainda não se confirmaram nem se apresentaram em sua totalidade.

 

A desunião das oposições é um fator que conta em favor da atual prefeita, mas u nome forte, com propostas fortes e com um grupo político experiente e que reflita as principais demandas da sociedade, pode se transformar em um obstáculo intransponível.

 

MDB

Senador Eduardo Gomes 

O MDB sempre tem que ser considerado um fator preponderante em qualquer eleição.  Um partido histórico, que já teve governadores no Tocantins e que tem, hoje, o senador mais bem votado da atual legislatura, líder do governo federal no Congresso e relator setorial do Orçamento do Ministério do desenvolvimento Regional, que tem se transformado em um benfeitor-mór, alocando recursos e garantindo benefícios aos 139 municípios do Tocantins, sem olhar cor partidária, não pode ser ignorado pelos postulantes às prefeituras dos 10 principais colégios eleitorais do Tocantins.

O MDB tem vereadores em Palmas, deputados estaduais e uma deputada federal, mas, por outro lado, ainda não tem um candidato à prefeitura de Palmas e, assim como os demais grupos políticos da Capital, demonstrou interesse pelo apoio à Cinrthia Ribeiro.  Hoje, também como os demais, encontram-se afastados de qualquer engajamento na campanha pela reeleição da prefeita. E, dentre todos, o MDB é o que tem a maior possibilidade de transferência de votos.

 

Assim como ocorre com o MDB, Cinthia Ribeiro precisa rever, urgentemente com os líderes de algumas legendas importantes, os termos de apoio.  Muitos apenas aguardam um aceno da prefeita.  Outros precisarão ser mais “trabalhados”. Mas, o certo é que, no momento atual, nenhum desses partidos vai ignorar um convite da prefeita para uma possível aliança.

 

Logo, como afirmamos no início, o sucesso de Cinthia Ribeiro em relação á sua reeleição, depende apenas dela.  Pessoalmente. Sem terceirização.

 

E de mais ninguém!

Última modificação em Segunda, 25 Mai 2020 08:00

Pesquisa

Última edição

o-paralelo-13-edicao-502.jpg

Boletim de notícias

Boletim de notícias

Colunistas

 

Últimas notícias